Volta para o início... Quer entrar em contato comigo? Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados Senado Federal


Quarta-feira, Julho 31, 2002

Fotografia digital

Parece que a brincadeira está ficando realmente legal. As novas impressoras a jato de tinta para impressão de fotografias, segundo dizem, estão com qualidade superior à dos papeis fotográficos utilizados pelos laboratórios tradicionais. Até mesmo o tempo de duração da imagem está maior. É definitivamente o início do fim da fotografia com filme, pelo menos para o uso doméstico. E haja disco para armazenar todas as fotografias digitais que serão tiradas. Eu já estou sonhando com esse discão de 200Gb, que a Western Digital está lançando. E os preços nem estão tão altos assim... lá, nos EUA, porque com o dólar a R$3,30, vou ficar mais tempo ainda na fotografia tradicional :-(

08:59 | comentários (3)


O "Mago" Imortal

O Nando publicou uma crítica muito legal dirigida aos críticos da eleição do Paulo Coelho para a ABL. Os comentários que deixei lá, estou transcrevendo abaixo:

Pois eu afirmo sem nenhuma vergonha: LI E GOSTEI! Já li alguns dos livros dele e, no geral, eu gostei. Dizem que ele é um charlatão, com essa história de mago, mas eu li seus livros por lazer, não para aprender a sua "magia branca". E eles são interessantes sim. Se o português dele é muito ruim eu não reparei, então não deve ser tão ruim assim. Ou o meu é que é ;-)

O problema é que certas coisas se tornam lei, não sei por que. A Elis foi e é a maior cantora do Brasil, e pronto (nesse caso eu não discuto). Música sertaneja é brega, e pronto. Paulo Coelho é um péssimo escritor, e pronto. As pessoas evitam discutir, pra não passar vexame. "Ora, se os maiores "entendidos" no assunto estão dizendo, então eu vou concordar também".

Bah! Tudo balela. Se o cara é o escritor brasileiro que vendeu mais livros na história, se é o escritor brasileiro que tem livros traduzidos para a maior quantidade de idiomas, se "é líder na Alemanha (terra dos filósofos)", então não deve ser tão ruim assim, né?

E tem mais, imortais ilustres, que já morreram, têm estilos tão rebuscados que poucos conseguem ler, mesmo assim são idolatrados. Paulo Coelho, pelo menos, é "lível" :-)

Eca, esse "lível" foi foda! Zamorim para a Academia :-)

08:08 | comentários (1)


Terça-feira, Julho 30, 2002

TopLinks

O CrisDias acaba de lançar o seu TopLinks. uma versão brasileira do BlogDex. O lançamento foi ontem, com direito a entrevista e a uma referência lá ao Zamorim ;-)

15:35 | comentários


Lança-chamas

He, he! Eu acabei de falar sobre aquela tira em que o Calvin pede um lança-chamas para o pai. Ó ela aí (em inglês). Olha a cara do sujeito até pensar em não usar o "brinquedo" dentro de casa.

08:16 | comentários


Pegando o espírito da coisa

AHA! Mamãe está começando a pegar o espírito do blogueiro ;-)

Os blogs podem ser uma ferramenta poderosa de aproximação entre candidatos e eleitores. Se o candidato quiser realmente se expor e assumir o espírito dos blogs, acho que tem uma grande chance de cativar uma boa base de eleitorado só com a campanha online.

Alguém conhece candidatos às próximas eleições que estejam publicando blogs? Por favor, me indiquem endereços.

01:51 | comentários (1)


Sexta-feira, Julho 26, 2002

Backup de blog

Outro dia eu respondi a algumas dúvidas sobre a melhor maneira de realizar o backup1 de um blog. Bem, aí vai a resposta que eu dei. Pode ser que seja útil. Se alguém tiver mais sugestões, o link para o sistema de comentários está logo ali em baixo.

Quanto ao arquivamento do conteúdo do blog, é aconselhável a utilização de pelo menos 2 opções, por garantia. Eu sempre edito e salvo os meus posts localmente para depois publicá-los. Tenho todos eles, desde o primeiro, guardados em arquivos individuais, organizados em pastas para cada blog. Para quem publica muito da "rua", isso fica mais complicado, mas no meu caso, que publico sempre do trabalho ou de casa, é tranqüilo.

Outra rotina que tenho, e recomendo, é de mensalmente baixar do servidor que hospeda o meu site todos os arquivos gerados pelo Blogger (ou pelo serviço que você utilizar). Para quem utiliza hospedagem com FTP, esse último procedimento é bem mais fácil. Caso contrário, pode-se usar um desses programas "capturadores"2 de sites para facilitar o processo.

Um outro procedimento interessante, que eu aprendi ao dar uma olhada no Movable Type, é definir uma template especial para backup, que use uma formatação bem simples, sem HTML, só para arquivar. Para fazer um backup completo do Blogger, por exemplo, basta trocar a template "publicável" por essa de backup, configurar o número de posts visíveis na primeira página para um valor maior que a quantidade total de posts do seu blog, alterar o nome do arquivo de origem para um arquivo de backup e mandar publicar. Depois basta baixar o arquivo gerado para a sua máquina local. Parece complicado, mas não é não. Se alguém quiser, eu explico melhor por e-mail.

Compliquei ou esclareci?


1. Para quem não sabe, backup é o procedimento de tirar cópias de segurança de seus dados, para poder recuperá-los em caso de "eventualidades".

2. Eu recomendo o WebDonwloader. Simples, eficiente, pequeno e gratuito. Eu uso um bocado.

02:30 | comentários


Quinta-feira, Julho 25, 2002

Estratégia notada e talvez adotada

Farc tramavam um "11 de Setembro" colombiano - BOGOTÁ -- As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o maior e mais antigo grupo guerrilheiro da América Latina, planejavam um ataque suicida contra a sede da Presidência da República ou do Congresso colombianos, nos mesmos moldes dos atentados ocorridos em 11 de setembro nos Estados Unidos.

Pois é, uma vez que um modelo de qualquer coisa se torna "bem sucedido", é apenas uma questão de tempo para que ele seja adotado por outras "organizações". Deus nos ajude...

Assim que foi detido, Javier negou sua responsabilidade no plano denunciado pela polícia secreta. Sua missão, de acordo com Jaramillo, seria contratar um piloto suicida e pagar-lhe dois milhões de dólares para executar o ataque.

A dúvida que me atormenta é: eles fariam o pagamento adiantado?

O problema desse tipo de ataque aqui pelo ocidente é achar gente suficientemente maluca para se matar em nome de uma causa. E não me venham falar em milhões de dólares :-)

10:38 | comentários


Quarta-feira, Julho 24, 2002

Para jogar com caneta e papel

Outro dia a Nessa me pediu para fazer uma matriz do Batalha Naval para que ele pudesse usar em suas terapias lá lá na clínica. Gostei da idéia e fiquei com vontade de fazer também outros jogos que eu jogava na infância. Como ela disse que não conseguia mais encontrar daqueles blocos de batalha naval, que eram tão comuns nas papelarias, eu resolvi disponibilizar o arquivo para download. Sei lá... alguém mais pode se interessar.

Daí surgiu uma nova seção para este site, que eu estou colocando em teste agora: PARA JOGAR COM CANETA E PAPEL. Quero ver se publico um jogo novo pelo menos a cada mês. Como estou tirando tudo lá do fundo da memória, talvez apareça alguma coisa estranha no "tabuleiro" ou nas regras. Se alguém notar alguma coisa, por favor, me avise.

Agora eu gostaria de saber a opinião de vocês. Vale a pena uma seção como essa? Você gostaria de sugerir algum jogo ou brincadeira que poderia entrar ali? Lembre-se de que qualquer sugestão deve poder ser posta em prática usando-se apenas caneta (ou lápis) e papel... e a impressora, no caso. O próximo jogo a ser liberado vai ser a corrida de vetores. Quem conhece?

09:17 | comentários (10)


Terça-feira, Julho 23, 2002

Futuro blogueiro

Parece que o Zuenir Ventura acaba de descobrir os blogs e está até pensando em criar o seu próprio. Tenho certeza que seria sucesso absoluto de público. Desde que conheci esse formato de publicação e comecei a publicar o meu próprio que eu gostaria de ler um blog dele. Gosto muito do estilo de suas crônicas e acho que elas têm a cara dos weblogs ;-) Vamos esperar...

12:14 | comentários


Auto estrada interplanetária

Um cientista da NASA, Martin Lo, está mapeando uma verdadeira rodovia através do Sistema Solar, por onde espaçonaves poderão viajar usando um mínimo de combustível. O estudo dele utiliza, além dos tradicionais "estilingues planetários"1, rotas entre os Pontos de Lagrange2, através das quais as naves poderiam trafegar sofrendo o mínimo de atração gravitacional de planetas ou do Sol.

Conceito artístico da rodovia interplanetária
Imagem: NASA/JPL

É um trabalho muito interessante, que nos remete de volta ao tempo dos grandes navegadores, quando o estudo e o mapeamento das correntes marítimas eram cruciais para o sucesso de qualquer expedição intercontinental. Ainda hoje é assim, mas naquela época, com as caravelas a coisa ficava bem mais complicada. Eu tenho feito bastante essa comparação, mas é que realmente a história vai se repetindo. O mais interessante disso tudo é imaginar as surpresas que estão por vir, quando o homem começar realmente a se aventurar por esses caminhos interplanetários, interestelares ;-)


1 Estilingue planetário é o nome que se da à utilização da atração gravitacional de um planeta ou estrela para acelerar uma nave, auxiliando em uma mudança de rota e com uma forcinha extra para a continuação da viagem. Essa técnica é muito utilizada por essas sondas enviadas para investigar os planetas mais externos.

2 Ponto de Lagrange é o ponto em que as atrações gravitacionais de dois corpos celestes se anulam.

01:04 | comentários (1)


Segunda-feira, Julho 22, 2002

O que foi que você fez?!

Tem mais aqui...
- Papai, você me ama?
- É claro que eu amo, Calvin!
- Você continuará me amando se eu fizer uma coisa ruim? - Bem, claro que eu... vou... - Eu quero dizer uma coisa muito, muito...
- CALVIN, O QUE FOI QUE VOCÊ FEZ?!

Como eu já disse antes, o Calvin é o meu herói :-)
Pra mim, um dos melhores diálogos dele com o pai foi esse:

- Papai, eu posso comprar um lança-chamas?
- Não, claro que não!
- E se eu prometer que só vou brincar lá fora?

Deu pra sentir, né? :-)

12:08 | comentários (2)


Jogos da noite

Hoje (ontem) a Heloísa dormiu cedo, depois de um dia bem agitado. Depois de um "longo" soninho, acordou... às 00:30 da manhã! Rolou, enrolou, parecia até que ia dormir. Aí começou a brincar de esconde-esconde com o bebê dela (uma boneca Susi). Quando eu vejo, ela está lá, com a cara enfiada no travesseiro, contado:

- Um, doix, têix, cato, JÀÀÀ!

Bem feito! Quem manda deixar uma criança dormir antes da hora? Agora, nada de trabalho. Minha irmã vai ter que esperar mais um dia para ter seu site no ar. Não que ele fosse entrar hoje, mas é sempre mais uma desculpa ;-)

Daí a pouco ela chegou ao meu lado com a boneca:
- Papai, tila a peleleca dela?
- Como tira a perereca? Você quer que eu tire a CALÇA dela?
- É! Bumbum di fola! Bumbum di fola!
- Pronto, toma.
- Bigado!

Bem, aí ela subiu na cadeira ao meu lado e começou a conversar com o bebê dela. Eu não resisti, "abri" o microfone e gravei mais de 300Mb de arquivos wave com ela falando ;-) Isso à 1 hora da manhã... Fazer o quê? Se não pode vencê-los, junte-se a eles ;-)

Agora, 02:25 da manhã, já desisti definitivamente de trabalhar em alguma coisa, ela está lá ao lado da Nessa (apagada (a Nessa)) (nunca tinha usado parêntesis recursivos) (é hora de dormir) mamando uma mamadeira de mingau, minha última carta lá do fundo da manga. Agora talvez ela durma... ou não... Antes, eu já havia perguntado se ela queria a mamadeira e ela respondeu: "Não. Na hola de dormir..."

1 (hoje a coisa por aqui está "meu querido diário" demais para o meu gosto, mas o que mais eu poderia fazer a essa hora ;-)

2 (Alguém poderia me indicar um bom editor, de preferência gratuito, para eu editar essas gravações? Gostaria de fazer alguns cortes e, talvez, limpar os ruídos de fundo)

02:30 | comentários (2)


Coisas de criança

Hoje (ontem) eu e a Nessa fomos assistir a uma apresentação do Anti Status Quo, um grupo de dança muito legal daqui de Brasília. A "peça" era "Coisas de Cartum". Muito legal, mas o ponto alto foi um diálogo entre uma garotinha sentada na fila de trás da nossa com a sua tia.

A apresentação começa já com o público entrando no teatro. Cortinas abertas e os 4 bailarinos do elenco já em pé no palco, aparentemente à vontade, arrumando um detalhe da roupa aqui, uma coçadinha ali. Com o tempo, sem que se perceba, os movimentos começam a ficar mais sincronizados e uma música de fundo, bem lá no fundo, começa a aumentar bem devagar. Quando nos demos conta, a apresentação já havia começado.

Bem, depois de uns 20 minutos de apresentação, a tal garotinha solta em alto e bom tom, para todo o teatro:
- Tia, já começou???
A resposta da tia foi inaudível, mas os risinhos da platéia, não ;-)

Pouquinho depois: - Tia, ISSO aí é a dança???

Pronto, sucesso total! Coisa de criança assistindo dança contemporânea :-)

01:52 | comentários (1)


Quinta-feira, Julho 18, 2002

Viagem a Marte e a guerra fria

Os Russos estão propondo um esforço conjunto internacional para viabilizar uma viagem até Marte por volta de 2015. A viagem duraria 440 dias, com uma tripulação de 6 pessoas dividida em 2 naves. A estada em Marte seria de 60 dias, com 3 pessoas em solo marciano e outras 3 em órbita.

(Dá pra ter a idéia da dimensão de uma viagem dessas? São mais de 6 meses de ida para uma estada de 2 meses. Duas tripulações viajando "lado a lado", porém separadas por um enorme vácuo. Sabem quem deveria entender muito bem isso? Aqueles primeiros navegadores que se aventuraram pelos oceanos da Terra.)

Tá aí um momento que eu gostaria muito de presenciar. Mesmo sabendo dos atrasos que esses programas espaciais sofrem, considerando que essa viagem possa atrasar uns 15 anos, ainda assim tenho esperanças de presenciá-la. Eu estaria então com uns 60 e poucos anos, então ainda daria pra curtir as emoções do evento ;-)

Pode não parecer, mas o mundo está mudando! Há menos de 20 anos atrás, uma cooperação internacional para qualquer programa espacial seria impensável. Tudo era extremamente sigiloso e com intenções militares. Agora a coisa está mais aberta. Bem... pelo menos é o que nos parece ;-)

Sobre esse tempo do início da corrida espacial, eu encontrei há algum tempo no Taperouge o Deepcold. Um site muito legal com imagens de projetos que foram abandonados ainda nas pranchetas ou nos primeiros protótipos.

SPIRAL | Imagem: Dan Roam

Do lado soviético, um projeto interessante foi o Spiral, uma nave orbital, monoposto, muito parecida com um avião comum. Um projeto que teria servido de base para o Buran, o ônibus espacial Russo, muito semelhante ao americano. Fica difícil saber quem colou de quem, ou se a tecnologia é que realmente levou às semelhanças ;-)

LUNIY KORABL | Imagem: Dan Roam

E por falar em semelhanças, essa é o Luniy, o equivalente do Módulo Lunar americano. Mais uma vez não dá pra dizer quem copiou de quem, afinal, apesar da nave americana ter sido lançada antes, esses últimos poderiam muito bem ter aperfeiçoado o projeto dos soviéticos. Vai saber... Na verdade, principalmente nesse caso, acho que a tecnologia da época é que acabou ditando as semelhanças mesmo. Infelizmente o programa soviético para colocar um homem na Lua foi abandonado no início da década de 70. Afinal, apesar de negarem, a "Corrida Espacial" já estava perdida. Teria sido bem interessante se eles tivessem conseguido.

BLUE GEMINI | Imagem: Dan Roam

Os planos americanos, que aparecem no Deepcold, parecem bem mais perversos que os soviéticos. Essa aí em cima é uma imagem fictícia do que poderia ter se tornado o projeto Blue Gemini. A Força Aérea dos USA tinha a intenção de voar missões em conjunto com a NASA para testar aplicações militares de naves "inocentes" como a Gemini.

É engraçado pensar em como se imaginava uma "guerra orbital" naquela época e no que ela se tornou. Nada de naves tripuladas extravagantes e altamente armadas. Nada de russos perseguindo americanos sobre nossas cabeças. Apenas satélites discretos e pequenos monitorando tudo lá de cima, alguns armados com canhões laser. Tudo muito calmo visto daqui de baixo ;-)

12:11 | comentários


Cachorro ataca criança

Eu fiquei puto, e você?

12:11 | comentários


Quebra-quebra em movimento

"Depois da quebradeira do dia anterior, usuários das linhas que atendem o Entorno danificaram outros 18 veículos. Na BR-020, os tumultos ocorreram dentro dos carros em movimento"

Aaaah! Então foi isso. Ontem, vindo para o trabalho, assim que entrei no Eixo W lá na altura da 16, passei por um monte de vidro no chão e pensei: "eita batidão!" Depois de uns poucos metros, outro monte de vidro: "eita, outra batida!" E a quantidade de vidro foi aumentando mais e mais. Aí pensei que não era vidro de nenhum automóvel, mas alguma "carga" que havia caído de um caminhão. Mas começaram a aparecer borrachas de janela, bancos de ônibus à beira da pista e uma janela inteira jogada na grama. A impressão que me deu é que um ônibus havia sido arrastado por um Tiranossauro Rex por quilômetros a fio de asfalto ;-)

Pois é, chega um momento em que a situação começa a ficar desesperadora...

10:52 | comentários


Palmadas didáticas

Palmadas poderiam causar efeitos colaterais nas crianças, diz psicóloga

Ao ler o título dessa matéria, minha primeira reação foi de revolta para com os psicólogos e outros profissionais, que andam denegrindo a imagem da boa e velha "palmadinha". Só que ao ler a matéria, a gente percebe que o que está sendo condenado são as surras e não as palmadinhas educativas.

Na fase inicial da criação dos filhos uma palmadinha de leve na mão é bem necessária de vez em quando. Um tapa na bunda, também pode ser necessário eventualmente e, EU SEI, o dano psicológico é maior nos pais do que na própria criança. Sim, eu sou a favor da palmada, com certeza. Como é que você explica para uma criança de 1 ou 2 anos de idade que se ela enfiar o dedo na tomada vai levar um choque e pode morrer? Cada "não" que ela ouve, encara como uma brincadeira de desafio. Pode ser que uma boa palmada na mão seja a salvação da vida de uma criança, exatamente porque surte um efeito imediato. Para algumas crianças, bastará uma vez, para outras o aprendizado pode ser um pouco mais demorado, mas é necessário.

Um dos problemas da falta de limites das crianças de hoje começa na divulgação dessas teorias estudadas por profissionais... sei lá, da educação infantil. Eles falam que não se pode surrar uma criança, a mídia divulga que não pode dar palmada, e o pai entende que não pode dizer "não". Aí já viu, né? É isso que está aí hoje. A culpa não é de jogos de computador, muito menos de brincadeiras inocentes da infância*. A culpa é de pais medrosos e complacentes com qualquer coisa que a criança queira fazer. Simples assim.

* Acreditam que um diretor imbecil de uma escola inglesa, se não me engano, proibiu brincadeiras de pique-pega na escola, porque era uma brincadeira onde sempre havia uma "vítima" e isso poderia ser prejudicial ao psicológico das crianças? Buuuu!!! (tentei achar o link para a matéria, mas não encontrei).

03:00 | comentários (1)


Terça-feira, Julho 16, 2002

JODETTE 13213


Visite o site
Acabo de "entregar", finalmente, o site de campanha da minha mãe, Jodette, que é candidata a Deputada Distrital pelo PT-DF. O principal dos meus compromissos nos últimos tempos e o que estava me doendo mais na consciência pela demora. Agora só faltam uns 5 ;-)

Bem, fica difícil eu falar da Jodette de forma convincente, já que sou filho dela, mas vou tentar assim mesmo. Ela é uma da pessoas mais honestas, íntegras, batalhadoras e inteligentes que eu conheço. Sempre trabalhou por ideais em primeiro lugar, depois por dinheiro, afinal é preciso sobreviver. Sempre esteve engajada politicamente - segundo minha avó, ela a chamava de "Madre Teresa" porque estava sempre se metendo a defender todo mundo que ela achasse injustiçado ;-) Desde que me entendo por gente a vejo trabalhando ativamente na política, seja na universidade, seja partidariamente, desde que o PT foi fundado no DF. Sempre "nos bastidores". Agora resolveu dar a cara a tapa e partir para o palanque. Nas eleições passadas ela já ensaiou uma candidatura preenchendo uma vaga para deputado federal, aberta na última hora. Agora é pra valer.

Se você ainda não sabe em quem votar para distrital aqui no DF, deveria conhecer a mamãe ;-) Dá uma olhada lá...

03:47 | comentários (5)


Sexta-feira, Julho 12, 2002

O Rei Momo do Futebol

Um cara procurou no AOL por "maradona fotos de toda la vida" e encontrou essa resposta do Pelé :-) Sinto muito, mas guerra é guerra ;-)

O termo "Rei Momo do Futebol" eu li no CrisDias. A culpa é dele :-)

09:22 | comentários (2)


Vírus reconstruído

Isso me assusta! Uma equipe de cientistas conseguiu "construir" o vírus da pólio utilizando apenas informações públicas sobre o seu código genético, com tecnologias disponíveis abertamente no mercado. É quando a tecnologia criada para o "bem da humanidade" começa a assombrar o homem. É de assustar, mas não de estranhar, já que sempre foi assim e sempre será...

Aqui entra a questão de quando a informação deve ser pública e até que ponto. Neste caso, a única segurança da erradicação de qualquer doença é a destruição de toda e qualquer informação sobre seu vírus. O problema é que agora já deve ser tarde. Qualquer um que esteja mal intencionado a esse respeito já deve ter as informações de seu vírus preferido muito bem guardadas.

09:14 | comentários


Quarta-feira, Julho 10, 2002

A mala mágica

As Motherns publicaram um texto (A bolsa mágica) com dicas sobre como guarnecer uma bolsa para eventualidades com os filhos na rua. (Motherns, a página apontada pelo link para o post não está atualizada; seus arquivos podem não ter sido corretamente gerados.) Lendo os comentários no livro de visitas delas, eu me lembrei de uma situação pela qual eu e a Nessa passamos.

A Helena não tinha nem 4 meses completos, quando fomos fazer uma viagem de carro com ela. A primeira parada era em Araxá, onde seríamos padrinhos em um casamento. Depois, Vitória, para umas merecidas férias. Fomos de Uno Mille. Nossa primeira viagem em família. Arrumamos as malas com o maior capricho, para caber toooooda a tralha. Malas estufadas, conseguimos acomodá-las no espaçoso bagageiro do Uno. Aí, começamos a nos lembrar de "algumas coisinhas". "Ih, faltou a panela de ferver as mamadeiras". "Ih, esquecemos do aquecedor de mamadeira". E por aí foi... Tudo "arrumado", o bagageiro ficou com mais coisas soltas e em saquinhos de supermercado do que dentro das malas. E lá fomos nós para Araxá.

Quase chegando lá, onde passaríamos apenas 1 noite, a Helena estava toda melada de cocô, que tinha vazado, mas nós preferimos seguir até o fim, porque se tirássemos ela daquele bebê-conforto apertadinho, seria difícil acomodá-la novamente. Sem falar na beleza que ia ser limpá-la no meio da estrada. Quando a colocamos na cama do hotel, toda sujinha mesmo, ela abriu os braços, esticou as pernas e deu uma espreguiçada com uma cara de satisfação impagável. E ela merecia aquele descanso, porque foi nota 10 durante toda a viagem.

Bem, mas era sobre a bagagem que eu estava falando. Quando chegamos no hotel, já começaram as trapalhadas.

- Qual a mala temos que tirar para passarmos a noite?
- Pega a maior, onde tem as fraldas e aquela outra, onde estão as roupinhas dela... ah, pega também aquele saquinho, que está com a escovinha da mamadeira e aquele outro com os bicos.
Subimos.
- Onde estão o lencinho umedecido e o Hipoglós?
- Ah, estão lá no carro, naquela frasqueira marrom!
- Tô indo lá pegar.
- Aproveita e trás também aquele outro saquinho onde está a fita crepe.

Nós parecíamos dois retirantes, entrando no hotel com aquele monte de sacolas e saquinhos. No final, quando finalmente conseguimos nos acomodar, o bagageiro do carro estava praticamente vazio. No dia seguinte teríamos que colocar tudo lá dentro novamente. Tsc, tsc...

O conselho é óbvio, mas assim como os marinheiros de primeira viagem aqui sofreram naquela ocasião, outros podem passar pelo mesmo. Quando for viajar com um bebê, no momento de arrumar as malas, tenha em mente quantas paradas vai fazer e o que vai precisar tirar do carro em cada uma delas. Ah, e evite os saquinhos. As malas e grandes sacolas de viagem são os lugares ideais para todos os tipos de tranqueiras ;-)

18:33 | comentários (2)


Quinta-feira, Julho 04, 2002

De volta ao dono

Bem, a Copa do Mundo está de volta ao seu legítimo dono. Ou alguém tem dúvidas sobre para quem aquela taça foi feita? Basta uma olhadela para ter a certeza de que ela foi concebida pensando no Brasil. Toda dourada com aquelas duas faixas verdes na base. Linda!

Acho que nada neste país, nem o mais popular dos músicos, nem o mais aceito dos políticos, nem o mais amado dos religiosos, ninguém e nada consegue arrastar "as massas" como consegue uma seleção campeã do mundo de futebol. E eu digo por experiência própria, é mais forte que a razão, você apenas vai seguindo a correnteza, sem entender muito bem o porquê do arrepio na espinha e muito menos o porquê de estar seguindo aquele carro cheio de marmanjos acenando para baixo. Não, não é racional, mas e daí? No dia em que o ser humano deixar toda a irracionalidade de lado, vai deixar de ser humano e se tornar um robô ;-)


Clique para ampliar qualquer das fotos

Anteontem, dia 2/7/2002, eu fui levar a minha filhota, a Helena, para receber a Seleção Brasileira de Futebol no Eixão. Ela estava louca para ver o Ronaldinho Gaúcho - o preferido dela - e o Cafú - aquele que "estava segurando a taça" ;-) Eu já ia desistir, porque tudo atrasou e eu teria que voltar ao trabalho, mas o biquinho dela me convenceu a ligar para o chefe e avisar que teria que repor aquela tarde em um outro dia. E lá fomos nós para o Eixão sul, lá na altura da 10.


Estava cheio. Não ao ponto de não termos onde ficar, mas toda a extensão da avenida estava cheia de gente. Para qualquer lado que se olhasse era um rio de gente, tudo amarelinho, esperando pelos "heróis". E tome espera. E tome sol na cabeça. Sentamos à sombra de uma árvore para esperar. A Helena quase perdeu as esperanças: "papai, acho que não vai rolar!".


Quando eles apontaram lááá no horizonte foi aquela histeria! Todos correram para o meio da pista gritando e acenando suas bandeiras, como se eles fossem passar por nós imediatamente. Santa ingenuidade. Tome sol na cabeça, tome espera. Eles vinham bem devagar. Até que começaram a se aproximar. Coloquei a Helena sentada "de cavalinho" nos meus ombros e avisei: "se segura, que eu vou fotografar". Bem, pelo menos eu tentei. Não é mole fotografar um carro em movimento, com uma criança nos ombros e ainda uma câmera sem foco automático ;-)

Primeiro veio o carro com os jogadores, na frente o Cacá segurando a taça. E a galera vibra! Ao lado dele o Cafú, em pé atrás o Lúcio e por aí vai... Lembra que eles vinham bem devagar? Pois é, mas quando passam nunca dá tempo de ver tudo :-) E vai todo mundo atrás, sem dar muita importância ao trio da Ivete Sangalo que vem depois. Mas... quando desistimos de ir atrás do primeiro carro, lá está o Rivaldo à frente no trio da Ivete! Ao lado dele o Roberto Carlos e alguns outros que não tive tempo de identificar. "Helena, olha lá o Rivaldo!"




Quando passaram, a Helena estava aos prantos: "Eu quero ir pra casa! Eu não consegui ver nada! Eu não vi ninguém!" Claro, né! O papai aqui não se tocou que ela não conseguiria distinguir, dentre aquele monte de gente, quais eram os jogadores da Seleção. Me senti culpado por não ter ficado com ela no colo para mostrar cada jogador. Me lembrei de quando meus pais me levaram para ver a Seleção de 70 passar, quando eu tinha apenas 4 anos. Então resolvemos pegar o carro e tentar esperar por eles mais adiante. Só que todos tiveram a mesma idéia. Engarrafamento.


Conforme o carro ia andando, eu ia observando os helicópteros ao longe, rondando os carros que levavam os jogadores. "Ainda dá tempo, meu amor". A Helena ansiosa e triste por não ter conseguido ver nada. Acho que já estava achando que tinha perdido a festa. Consegui chegar ao início da L2 e estacionei em um gramado atrás da Catedral. Subimos à pé, quer dizer, eu à pé e a Helena no colo ;-) Lá em cima, uma grande bandeira do Brasil, o congresso ao longe enfeitado com as cores da Seleção e muita, mas muita gente esperando.




Mais espera. Enquanto isso, a Esquadrilha da Fumaça fazia o seu show e escrevia no céu repetidamente: "É PENTA!". A Helena ficou preocupada com aqueles aviões vindo em nossa direção: "Papai, não é que lá dentro tem um moço pilotando, que não vai deixar ele cair?" Aí eu expliquei que os pilotos da Esquadrilha eram os melhores pilotos brasileiros, assim como os jogadores da Seleção eram os melhores do Brasil. "Ah É?!" ;-)




Até que os carros passaram por nós novamente. Dessa vez fiquei com a Helena no colo e deixei a máquina fotográfica de lado. Quando passou o primeiro carro, fui mostrando pra ela: "Olha ali o Rivaldo, Helena, e o Cafú!" E o carro passou. "PAPAI, eu vi o Cafú e eu vi a taça!" Ela estava iluminada, mas não tinha visto nem o Ronaldo e nem o Ronaldinho Gaúcho. Nem eu. E dessa vez imaginei que todos os jogadores haviam passado para o carro da frente, já que o

trio-elétrico estava beeeem atrás. Acompanhei a Seleção por um tempo, mas resolvemos parar por ali e voltar para o nosso carro. Mas... passou o trio e vi que o Juninho estava lá: "Olha, Helena, o Juninho!". De repente, olho para o baterista e descubro que era o Ronaldinho Gaúcho alucinado. "HELENA, HELENA, OLHA LÁ O RONALDINHO!" Pronto, agora a alegria dela estava completa :-) E com a Ivete cantando, resolvemos ir andando atrás do trio-elétrico. Quer dizer, eu andando e a Helena nos meus ombros ;-)




Estava lindo aquilo lá! Aquela romaria indo em direção à Praça dos 3 Poderes, embalada pelo som da Ivete Sangalo e da euforia do "Penta". Pena que meu filme havia acabado. Andei com a Helena até o Congresso, quando resolvemos definitivamente andar de volta para o carro. Uma longa caminhada. Antes ainda tive tempo de clicar um aceno do Ronaldinho para a Helena. Ela, mais que satisfeita: "Papai, esse é o dia mais feliz da minha vida!" :-) Ainda ligou para a Nessa para contar a aventura. Valeu a pena a correria. Tenho certeza de que essa vai ser uma das boas lembranças da vida dela. E, é óbvio, dias muito mais felizes virão ;-)

07:59 | comentários (15)


Segunda-feira, Julho 01, 2002

PENTA!

Eu ia escrever antes, mas como estão dizendo por aqui:
EU ESTOU PENTAPLÉGICO!
Depois eu escrevo alguma coisa :-)

Por enquanto, vai lendo os comentários do Nando, do CrisDias...

17:45 | comentários (3)






Zamorim
Alta Rotação
Álbum Digital
Criação Digital
Zamorim Futebol de Botão
Para jogar com papel e caneta
Zé Povão




imagens aleatórias::
www.flickr.com


leia e veja::
Unforgettable (patinação)
A Borboleta
Meus papeis de parede ;-)
A melhor coisa do mundo!
Um Ovário no Cisto

na minha caixa postal::
Boot
Quem é xiita?
Ensina teu filho
Resposta Casseta!
O Mundo Para Todos!
Mais textos...

ajuda::
Sobre o site
Sobre mim

contato::
Imeiou

arquivo::
2017:

2016:

2015:

2014:

2013:

2012:

2011:

2010:

2009:
10/8/4/3/1
2008:
9/8/7/6/1
2007:
12/11/10/9/4/3/2/
2006:
11/10/8/4/2/1
2005:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2004:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2003:
11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2002:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2001:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2000:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/3+



para fora do site

feitos por mim::
Academia Alta Rotação
Bola Quadrada
Débora Amorim
Desconforme.com

brinquedinhos::
Álbum no Flickr
ET Brasil
SETI@Home P-Stats
MyBookmarks
Horizontes  (os meus)

do mundo físico::
Adriano Souza
Ana Paula
Ana Paula (fotos)
Débora Amorim
Lêda Margarida
Marcos Sebastian Alsina
Mariana
Nathália
Roberto Moriyama

diariamente ou não::
A List Apart
AlterNet: Top Stories
Burburinho
CliqueMusic
Communication Arts
Computerworld
Correio Braziliense
ei: Electronic Intifada
Em Tempo Real
ESA Science
Estadao
Info Exame
JB Online
MusicExpress
NASA Human Spaceflight
New Scientist
no mínimo
Nova-e
O Globo Online
Reporters without borders
Scientific American Brasil
SPACE.com
Spaceflight Now
The Fray
Universe Today
Visão Crítica
Web Insider

weblogs que leio (ou tento)::
Blog do Cristovam
Blog do Sena
Circulando.com
c o l a g e m
CrisDias
D i z e m. . .
Feira Moderna
Imprensa Marrom
Interludio.net
Lost Art Updates
Marcelo Cabral
Marketing Hacker
Matchbox
Mothern
no mínimo | Weblog
Os melhores do Mundo
Pensar Enlouquece...
Powazek productions
Ricardo Noblat
Terceira Base
The Chatterbox
The Daily Report
WowBlog

fotologs::
Bigempty
Daily Dose of Imagery
Chicaco Snapshot
Chromasia
Ephemera
Ficções do Interlúdio
Groundglass
Joe's NYC
New York Photoblog
Phutojunkie
Positive Negative
rion.nu
Satan's Laundromat
Shutterbug
Visual Resistance
Whateverland

brasília no flickr::
Brasília (tags)
Brasilia (tags)
Brasília (pool)
Andressa Reze
bom_de_ver
dimasmjunior
Fabio Cherman
Josa Jr
leonart
negativz
MrPixel
Quereco
The Girl Is Drinking Tea
virgu.lino

créditos e agradecimentos::
Blogger
BlogTree
Extreme Tracking
W.Bloggar



Inclui no Bloglines