Volta para o início... Quer entrar em contato comigo? Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados Senado Federal


Sábado, Setembro 29, 2001

Coleção Disquinho

Coleção Disquinho na SomLivre
SomLivre
Há um tempo atrás, alguns blogueiros (ex. Jean e Foresti) estavam comentando sobre coisas da infância e um dos sucessos relembrados foi a Coleção Disquinho. Pois bem, ela está relançada em CD. Meu ímpeto inicial foi comprar toda a coleção para as filhotas, afinal cada disco está saindo por apenas R$8,90. É, mas são 25 discos, que saem por mais de R$200,00. Acho que vou ter que ir por partes ;-) Só espero que os CDs venham acompanhados dos livrinhos. Alguém sabe alguma coisa sobre isso?

00:30 | comentários (3)


Sexta-feira, Setembro 28, 2001

Camisa 10

Há pouco mais de uma década o Brasil já deveria ter feito o que a Argentina está fazendo agora, aposentando a camisa 10 em homenagem ao Maradona. Não, é claro que não deveríamos ter feito isso em homenagem ao Papai Smurf. Deveríamos ter feito isso para não acabar com a mística da camisa, nascida nos bons tempos. Seria uma homenagem a não apenas um, mas a diversos craques que honraram esse número. Alguém se lembra que antigamente essa camisa era sinônimo de craque? Nós perguntávamos "quem é o camisa 10 desse time" como se perguntássemos pelo craque. Hoje... bem, hoje essa camisa já não nos diz mais nada. Qualquer um pode usá-la, principalmente na seleção. É uma pena...

14:32 | comentários (1)


Teletransporte e suas aplicações práticas colaterais

Uma notícia no Space.com avisa que um cientista conseguiu que 2 grupos com alguns trilhões de átomos interagissem a distância, numa experiência que torna o teletransporte um pouquinho mais próximo da nossa realidade. Eu não entendi 'lhufas da teoria da coisa, mas achei a notícia muito interessante, apesar de que ela certamente não vai afetar o dia-a-dia da humanidade ainda por um longo tempo.

É claro que nenhum cientista lúcido pensa em teletransportar pessoas a curto ou médio prazo, se é que isso será possível algum dia. Mas eu andei viajando novamente e pensei em algumas outras aplicações práticas para o teletransporte, além do transporte em si, caso isso seja possível algum dia.

Acompanhem meu raciocínio - ou a falta dele, sei lá. A matéria, incluindo nosso corpo, é uma organização complexa de moléculas. Imagino que o teletransporte funcione basicamente como a tradução dessa estrutura, desmontagem dela e remontagem em um outro lugar, com outras moléculas. Caso seja isso mesmo, a primeira aplicação prática é, de cara, a duplicação de corpos, bastando para isso não realizar a fase de "desmontagem". É a clonagem instantânea. Outra aplicação bem interessante seria a remodelagem de corpos. Imaginem uma pessoa que esteja se achando meio gordinha, entra em uma máquina dessas e pede para que algumas gordurinhas não sejam incluídas na remontagem. Ou então uma outra com o nariz torto, que pede para que ele seja endireitado na remontagem. É a plástica instantânea, sem cortes, sem dor.

TÁ, dessa vez eu exagerei, mas se é pra viajar, deixa eu viajar direito. Além do mais, não duvide de onde a ciência pode chegar ;-)

12:31 | comentários (4)


Quinta-feira, Setembro 27, 2001

Diretos autorais x direitos do consumidor

A indústria da música está cada vez mais querendo ditar as regras de como e onde nós poderemos utilizar os produtos que comprarmos. A última novidade é o CD do Michael Jackson que "traz tecnologia que impede uso em PC" (mais).

Será que os cabeças de bagre da indústria não perceberam que cada vez mais estamos usando os computadores como aparelho de som? O tocador de CD do meu antigo AIWA está quebrado há mais de 2 anos e eu não tenho a menor intenção de mandar arrumar ou comprar um som novo. Eu toco todos os meus CDs no computador. A saída pode ser ouvida em caixinhas cada vez mais potentes ou no próprio som, quando é necessária maior potência. Ou seja, nunca vou comprar este CD porque seria inútil no meu caso. Não que eu fosse comprá-lo se não estivesse protegido, mas isso está valendo para qualquer outro que venha com a mesma tecnologia burra.

É uma tecnologia burra porque joga contra o produto que está protegendo. Tira mercado e ainda incentiva justamente o que está combatendo. A pirataria. Ora, se eu não consigo ouvir o CD original no meu som e quiser muito aquela música, vou tratar de conseguir uma cópia com algum amigo. É "feio", mas é o que acontece. Ah, mas se é protegido, como você vai conseguir a cópia? A indústria que não se iluda, pois logo teremos um programinha que faz isso ;-)

Porque nós consumidores não fazemos um trato? NINGUÉM COMPRA CD PROTEGIDO, SEJA ESSA PROTEÇÃO COMO FOR. Essa é a única reclamação que qualquer comércio entende 100%.

18:09 | comentários


Segunda-feira, Setembro 24, 2001

Enfim, livre

Pela primeira vez em muitos meses o número de visitas a este site não caiu abruptamente no final de semana. Sabem por quê? Porque finalmente eu larguei esse aqui, não caí no papo desse aqui e acabei ficando com esse aqui.

Há algum tempo, com o aumento do dólar, a hospedagem dos meus sites em serviços estadunidenses passou a se tornar um peso grande no orçamento. Acabei chegando à HostNet, que oferecia excelentes recursos, a um preço muito bom, em Real. Infelizmente, o que era vendido não era exatamente o que era entregue. Demorei mais de 1 mês para conseguir completar a migração dos 4 sites que eu mantinha na época para o novo serviço, por conta dessas diferenças de oferta e entrega, mas acabei ficando com eles, porque o custo/benefício ainda estava valendo a pena. Só que eu tinha esse pequeno problema de lerdeza insuportável dos servidores durante TODOS os sábados e domingos. Há coisa de 1 mês, eles anunciaram que iram transferir todos os servidores dos EUA para o Brasil. Só que se "esqueceram" de avisar um detalhezinho que felizmente eu percebi a tempo. Alguns dos recursos seriam retirados do pacote, incluindo a linguagem MIVA, sobre a qual todos os meus sites são baseados. Grande falta de profissionalismo e respeito ao cliente.

Comecei uma corrida atrás de um novo serviço de hospedagem, pago em dólar, que me oferecesse MIVA. Acabei chegando à CompuWeb, que também oferecia uma boa quantidade de recursos a um bom preço, em Real. Apesar do contrato ser um pouco cri-cri, resolvi tentar. Logo de cara, topei com uma coisa que não me agradou nem um pouco. Ao tentar acessar o servidor via telnet, que é oferecida no pacote, recebi uma mensagem de que não tinha permissão para esse tipo de acesso. Escrevi para o suporte e recebi uma resposta dizendo que o acesso telnet era oferecido, mas que sempre que quisesse acessá-lo precisaria fazer uma solicitação informando o motivo e o tempo que eu gastaria. É mole? Ou seja, se eu precisasse de um acesso telnet para resolver algum problema de última hora, na calada da noite, teria que esperar até o próximo período comercial para ser atendido pelo suporte. Porcaria, mas ainda assim insisti no serviço. A gota d'água foi quando descobri que não poderia nem configurar as páginas default (index) dos meus diretórios que, no meu caso, são sempre "index.mv". Tchau!

Acabei ficando com a WebAxxs, com a qual já tinha tido uma boa experiência. Outra coisa. Em apenas 2 dias já tinha transferido todos os meus 200Mb de arquivos dos dois maiores sites e colocado tudo para funcionar perfeitamente bem. Acho que ainda falta muito profissionalismo nos serviços brasileiros. A maioria dos serviços de hospedagem dos EUA que eu já experimentei, quando me avisavam que "a sua conta está pronta" era porque estava pronta mesmo. Todos os recursos oferecidos estavam disponíveis e operacionais, como havia sido prometido. Por aqui parece que é tudo feito meio nas coxas. O serviço é oferecido sem muito compromisso com o modo como é feita a oferta. Parece que o cliente vai aceitar tudo do jeito que vier. Sem chance!

10:48 | comentários (2)


Mundo pequeno

O Charles divulga que conhece o Douglas e a Madi :-) O Douglas é marido da Madi, que é minha prima e irmã da minha esposa, ou seja, minha prima-cunhada ;-) Esse mundo é muito pequeno, mesmo. Não importa onde você esteja, você acaba conhecendo alguém que conhece alguém que você conhece. Com a chegada da internet e, mais recentemente, dos blogs, esse mundinho vai ficando cada vez menor. Ou maior, como já dizia o Gil:

"Antes mundo era pequeno
Porque Terra era grande
Hoje mundo é muito grande
Porque Terra é pequena
Do tamanho da antena parabolicamará"
Parabolicamará


10:06 | comentários


Domingo, Setembro 23, 2001

Muletas para uma mula...

23:55 | comentários


Sábado, Setembro 22, 2001

Física

Sobre Física. Não, não. Não é físico ou educação física, mas a ciência. Parece bem interessante. Muitas referências.

03:06 | comentários


Modo de vida

Ontem eu assisti a um trecho do discurso do merda do Bush, ao vivo. Me deu enjôo. Sério. Já não bastassem aquela cara de boçal se passando por bonzinho e aquele discursinho de "eu sou o dono", ainda tenho que ouvir o cara falando que os EUA foram atacados porque "eles" não aceitam o modo de vida dos estadunidenses. Ora, me poupe né seu Bush?!? Vocês é que não aceitam o modo de vida de NINGUÉM que não viva como vocês. Ah, quer saber? Leia isso aqui, que vale a pena! É o texto de uma professora da UnB, que dá um puxão de orelha não apenas nos terroristas e nos EUA, mas em todos nós.

03:05 | comentários (1)


Quarta-feira, Setembro 19, 2001

Buraco doido


Clique para a imagem completa
A. Feild - STScI

Astrônomos descobriram um buraco negro que está vagando doidão pela Via Láctea e passou aqui pertinho. O tal buraco e sua estrela satélite, à qual ele está devorando, estão dando uma voltinha por aí, como um aspirador de pó galáctico. Cuidado em seus passeios interestelares ;-)

Sempre achei impressionante essa teoria dos buracos negros. Corpos celestes tão densos que nem mesmo a luz escapa de sua gravidade. Eles absorvem todo tipo de massa e energia que caiam em suas "garras". Os astrônomos tentaram durante muito tempo - e conseguiram - provar a existência de um buraco negro no centro de nossa galáxia. Eu, na minha profunda ignorância no assunto, do qual nunca passei de um grande curioso, sempre tive essa "certeza". A certeza da existência de um grande ralo - o buraco negro - no centro desta e de todas as outras galáxias espiraladas.

Desde que vi pela primeira vez o desenho da Via Láctea, tive a impressão de um grande redemoinho. Quando conheci a teoria dos buracos negros, imediatamente pensei: "Só pode ter um grande buraco negro bem no centro da galáxia sugando tudo para lá, como um grande ralo. Daí a forma espiralada." Por que não? Depois me passou pela cabeça que as galáxias elípticas também podem ter seus buracos negros centrais, só que com o processo de "escoamento" ainda no início, sem tempo para a formação do redemoinho, ou melhor, da espiral. Quem sabe?

Não vá me repetir isso como sendo verdade. É apenas mais uma das minhas grandes viajadas. Mas... por que não?

EXTRA! Procurando algum texto explicando o que é um buraco negro, para indicar aqui, encontrei um artigo que de certa forma apoia a minha "teoria" :-) Não a da existência do buraco negro central - disso eu já sabia - mas sobre o ralo e o escoamento. Ele começa assim:

"As novas descobertas de buracos negros super-massivos no centro de três galáxias elípticas próximas, está dando crédito ao argumento de que buracos negros podem ser a semente em torno da qual as galáxias se formam."

Ou seja, se elas se formam em torno dos buracos negros, é de se esperar que sua forma também seja definida por eles, ou por sua ação. E, se eles tem esse poder de "agregação", podem muito bem estar atraindo tudo para o buraco. Literalmente. Minha teoria pode não ser tão viagem assim, afinal. Eu JURO que pensei nisso antes, mas quem vai acreditar em mim. É isso que dá demorar para publicar idéias... Dã :-)

Mais:
Supermassive Black Holes
Animações

22:14 | comentários


Mais sobre a "Destruição do avião"

Depois, quando a Nessa me contou a história do desenho, descobri mais alguns detalhes. A Helena mostrou a ela que o raio sol-e-vento nunca atingiria o avião, porque havia um obstáculo entre eles. Reparem no risco que existe logo abaixo do avião. Ela também disse que não desenhou as pessoas mortas porque não conseguiu. :-(

Bem, ela percebeu que não havia mais nada a fazer, que não havia super-herói capaz de resolver a situação. Essa é a minha interpretação, mas achei muito interessante.

21:51 | comentários (1)


Terça-feira, Setembro 18, 2001

A destruição do avião

A destruição do avião
clique para ampliar
Por essa eu não esperava. Quando cheguei em casa do trabalho, encontrei esse desenho sobre a minha mesa, esperando para ser publicado. Nas palavras da Helena, a autora:

"É sobre aquela destruição do avião. Essa porta com 'S' siminifica saída e essa porta com 'E' siminifica entrada. Essa aí é uma menina super poderosa, Solzinha, que eu inventei. Isso saindo da cabeça dela é o poder sol-e-vento. Esse ventinho vai destruir o avião."

Caramba! Como será que isso vai ficar marcado na cabecinha de crianças como ela? Ela tem perguntado algumas coisas sobre o assunto e nós temos tentado responder da maneira mais imparcial possível, mas sempre será a NOSSA visão dos fatos. Ficou impressionada, mas não me pareceu muito chocada. Não sei se percebeu direito a diferença entre essa realidade e a fantasia dos filmes que passam na mesma TV. Ela até já me perguntou se era verdade, se realmente havia morrido gente, mas mesmo assim deve ser meio complicado de entender.

Enfim, é esse o mundo que nossos antepassados prepararam para nós e, ao que parece, é o que estamos deixando para nossos filhos e netos.

20:53 | comentários (2)


Façam o que eu digo, não o que eu faço (???)

Não, esse ditado não funciona. Definitivamente não. Como já disse antes, é preciso dar o exemplo. Principalmente quando o assunto é a educação dos filhos. Hoje tive o seguinte diálogo com a Helena, minha filhota mais velha, que acaba de completar 6 anos:

- Meu amor, eu já não disse pra você não deixar a sua sandália jogada no meio do banheiro? Por que você não coloca logo no lugar, assim que tira?
- Ah, é? E de quem é esse sapato aqui, HEIN?
- Tá bom, é meu :-/
(tomou, papudo?)

Pois é, não basta ensinar, tem que dar o exemplo ;-)

20:27 | comentários


Zamorim no Correio Braziliense


Foto de Adauto Cruz
Correio Braziliense

Êêêê, este site saiu no Correio Braziliense, com direito a foto e tudo :-) Úúúú, não colocaram o endereço do site :-( Fazer o quê? Vou ficar sem essa divulgação. Tem gente que vai dizer "mas que cara exibido, fica querendo divulgar o site dele!" Ôche! E quem é que mantém um site e não quer que ele seja visitado? Quanto mais visitas, melhor :-)

Bem, de qualquer forma, valeu ao Denis, que colocou a repórter em contato comigo. Obrigado também à Tatiane, que fez a entrevista e tenho certeza que vai reparar a falta do link com uma matéria ainda maior ;-)

Junto com essa, vieram duas outras matérias. A Cobertura alternativa cita o CrisDias e a Vida em tempo real cita a Deborah.

14:28 | comentários


Bush

Me desculpem se fico martelando na mesma tecla, mas qual é o papo que está rolando em qualquer mesa de bar, em qualquer cozinha de qualquer empresa? Pois é... Só para deixar claro mais uma vez, sou contra o terrorismo e também estou chocado com a intensidade e a quantidade de mortes causadas pelo ataque aos EUA. Também concordo que o mundo tem que dar uma resposta a esse ataque. Me preocupo é com como será essa resposta. Mais ainda depois de ler essa matéria, que me pareceu bem coerente.

Só que eu tenho que comentar a prepotência ou, talvez, a cegueira daquele tal de Bush e de grande parte do povo estadunidense. Dêem uma lida nessas declarações do cara, publicadas na CNN:

"Esta nação é pacífica, mas feroz quando atiçada à fúria. Este conflito começou sob o tempo e os termos dos outros. E terminará da maneira e na hora que escolhermos."

"Neste julgamento, temos sido lembrados e o mundo tem visto os norte-americanos como generosos e gentis, habilidosos e bravos."

Que é pacífica, percebe-se pela "minúscula" quantidade de guerras nas quais tem estado sempre envolvida. E a visão que eles tem da visão que o resto do mundo tem deles é, no mínimo, um bocado distorcida. Tô maluco?

14:23 | comentários


Quarta-feira, Setembro 12, 2001

A nóia atual

Parece, enfim, que a onda gigante que tanta gente tem procurado por aqui, é realmente aquela que poderia ser gerada pela erupção do vulcão e destruir costas mundo afora. O Pedro Dória fala disso e o Zuenir Ventura está preocupado. Bem, eu estou tranqüilo, afinal moro bem longe do litoral, no lugar onde, segundo Dom Bosco, será o berço de uma nova civilização ;-)

13:09 | comentários (1)


Os que não têm sossego

Pensando sobre os ataques terroristas nos EUA, acabei me lembrando de um ótimo texto do Cristovam, que eu não me canso de divulgar aqui. Os que não comem e os que não dormem. Ele fala sobre o erro do individualismo de cada um, que monta seu reino no meio da miséria e se acha um privilegiado. "Os ricos brasileiros usufruem privadamente tudo o que a riqueza lhes oferece, mas vivem encalacrados na pobreza social". Mais cedo ou mais tarde, esse entorno acaba se "vingando".

Do mesmo modo, os fatos de ontem em Nova York e em Washington refletem exatamente essa vingança daqueles que se sentem oprimidos pela prepotência dos EUA com relação ao resto do mundo. Não vou entrar nos méritos da justiça ou não da vingança. Nada justifica essa quantidade de mortes e abomino as "guerras santas". Mas os fatos de ontem são resultado direto da política externa do EUA, piorada pelo comportamento do atual presidente deles. Não sou nenhum cientista político, mas não é preciso ser nenhum gênio para se constatar isso. Basta observar os padrões sociais, que se repetem desde dentro da sua casa, como uma fractal. Sua casa é uma miniatura da sua cidade, que é uma miniatura do seu país, que é uma miniatura do mundo.

Falando em prepotência, fiquei abismado com uma declaração de um tal de Bryan Rasmussen. Um outro tal de Michel Benevento disse que "Eu quero reconstruir o WTC. Agora. Exatamente do jeito que era." e o primeiro completou "Eu doaria dinheiro para isso. O mundo deveria fazer isso". Como o mundo? Eu não! Aliás, o texto do Pedro Dória, na no., é muito legal e destaca a grande eficiência dos weblogs em divulgar as notícias dos incidentes.

Bem, abstraindo do grande número de mortes, me arrisco a dizer que, POLITICAMENTE, esse fato pode ser muito bom para o mundo. Talvez mostre ao povo estadunidense que ele não está tão protegido assim. Até agora, eles nunca tinham sentido na própria pele a dor de uma guerra. Não lá, em suas próprias casas. Quem sabe, a nação como um todo repense melhor o seu "imperialismo". Só estou viajando um pouco e não, eu não acredito em uma guerra mundial agora.

Algumas opiniões muito interessantes sobre o atentado são o texto de hoje do NightHiker e os textos do Cristiano Dias. Em especial o último de ontem, direto do front.

13:09 | comentários (1)


Terça-feira, Setembro 11, 2001

Guerra?

É IMPRESSIONANTE! Quando eu vi no Estadão a foto das torres em chamas, tive a impressão de ser a imagem de algum filme, ou simulação. Custei a acreditar que um avião teria se chocado com o prédio daquele modo. Depois, quando vi que eram dois os aviões que haviam se chocado, achei ainda mais estranho e irreal. Em nenhum momento pensei em terrorismo. Estou realmente chocado com o fato! É impressionante ver um símbolo estadunidense, como o World Trade Center, desabando daquela forma. É como o CrisDias fala parecer estar vivendo dentro de um filme.

Quando o Bush assumiu a presidência dos EUA e começou a fazer suas primeiras declarações e a quebrar os primeiros tratados, eu já dizia que ele ainda ia causar problemas para o mundo. Eu só não esperava que o resultado fosse tão rápido e certeiro e, muito menos, que fosse um ataque direto ao centro do poder do país. E eu que imaginava que a única porta de entrada para um ataque pesado aos EUA seria cibernética...

Bem, estão cogitando que esse atentado possa ter vindo de dentro do próprio país. Estão lembrando do atentado anterior, do Timoth não sei o que lá, que todos acharam que tinha vindo de fora e na verdade veio de um grupo de direita de lá mesmo. Acho que essa seria a melhor coisa que poderia nos acontecer agora, pois não haveria a quem retaliar. Não haveria uma possível guerra. Sinceramente, eu tenho medo desse tal de Bush. Ele me parece um moleque vaidoso e inconseqüente, que deve estar se borrando de medo, mas que pode fazer alguma idiotice para revidar ao ataque.

17:21 | comentários


Ei, você, não faz isso, não!

Ontem, estava eu parado com o meu carro em frente a uma faixa de pedestres, enquanto duas senhoras atravessavam, quando do outro lado, na outra mão, eu já identificava um engraçadinho que dava sinais de que iria avançar sobre a faixa antes que as duas terminassem a travessia. Dito e feito. Assim que a última passou em frente ao carro do sujeito, ele avançou. Eu, na minha chatice e intrometimento de sempre, dei uma buzinadinha e comecei o seguinte diálogo:

- Ei, você tem que esperar a faixa estar liberada para passar!
- NÃO TENHO, NÃO!
- Tem SIM!
- Vai se f...! - ele parou - Vem aqui, vem aqui se tu é homem!
- Tsc, tsc, tsc...

Definitivamente o cara era um babaca completo. Você pode pensar: "mas o que você tinha a ver com a história?". Bem, eu tenho convicção de que tinha muito a ver com a história, sim. Acredito que tenho o direito, e até o dever, de me intrometer e chamar a atenção de qualquer um, em situações como essa. Já expliquei meu ponto de vista sobre isso no texto sobre sociedade, que publiquei há uns dias. Eu costumo pensar que um dia as minhas filhas também poderão estar atravessando sobre aquela mesma faixa e que aquele mesmo sujeito poderá estar ali, esperando para cometer a sua infração. E se ele erra as "contas" e avança um pouquinho antes? Será que só então eu vou poder me intrometer? Não, tenho certeza que não. Então as pessoas perguntam: "mas de que isso adianta?" Adianta muito. Se todo mundo que acredita em uma conduta, chamar a atenção de todos os que a estiverem "burlando", uma boa parcela delas pode mudar de comportamento, nem que seja por vergonha. E isso é meio contagioso. Pode crer.

Esclarecimento 1 - Os carros só podem avançar sobre a faixa de pedestres depois que todos os pedestres estiverem na calçada, fora da faixa. Ou seja, não tem essa de apenas esperar que eles saiam da frente do carro, ou estejam na outra faixa de rolagem. Isso é assim desde que a faixa foi inventada e vale (ou deveria) em qualquer lugar do mundo.

Esclarecimento 2 - Confesso que também tenho minha parte babaca e não resisti a estirar o dedo para o cara depois do "tsc, tsc, tsc", mas estou me esforçando para usar a calma e a educação em momentos como esse e garanto que minha primeira frase para o sujeito foi dita com a maior calma e sem o menor tom de agressão.

03:25 | comentários (1)


Segunda-feira, Setembro 10, 2001

Contra a pirataria e contra o consumidor

Sabem, a indústria está chegando ao absurdo de nos vender e proibir de usarmos. Ela quer controlar o modo como, quando e onde usamos os produtos pelos quais PAGAMOS. E CARO.

Gravadoras da Europa já estão vendendo CDs com proteção contra cópia. É mole? Eu compro um CD e não posso copiar uma música para ouvir no micro do trabalho, como MP3, ou montar um novo CD com uma coletânea. Se eu fizer isso, a música vai ficar com ruído. Toda essa tecnologia e eu não posso usar em um produto pelo qual EU PAGUEI. Eu li em algum lugar que, quando compro um CD, estou comprando na verdade o direito de ouvir aquelas músicas. Se é assim mesmo, então eles não podem me impedir de copiá-las para ouvir onde bem entender (se alguém tiver informação sobre isso, por favor, me avise).

Será que eles não percebem que esse tipo de atitude só incita mais ainda à pirataria? Eu não quero um CD protegido. Você quer? O que me anima é que o hackers estão a anos luz de distância da indústria e sempre liberam rapidinho antídotos para essas travas. Eu não terei o menor escrúpulo de usar um "quebrador de proteção de CD", em um pelo qual eu paguei. Não, MESMO. Você terá?

Outra aberração é essa licença que a MS inventou para o Windows XP e seus penduricalhos. Você PAGA pelo programa e, se quiser alterar a configuração do seu equipamento acima de um determinado limite, tem que ligar para a MS e pedir autorização para isso. É mole? Eu já falei aqui antes que essa segurança toda pode ser um tiro pela culatra, para a MS, e sei que não estou sozinho. Vamos ver...

Mais:
Criptografia atropela o direito de revenda
Bertelsmann adere à tecnologia anticópia para CDs

12:24 | comentários (1)


Linux x Windows

Só pra encerrar (de minha parte) o assunto sobre a retirada do Linux do Computador Pessoal brasileiro pelo governo, quero falar rapidamente sobre algumas informações que eu recebi esses dias. No Marketing Hacker eu fiquei sabendo que escolas americanas estão trocando Windows pelo Linux (notícia completa). Lá, na terra do Windows, eles estão escolhendo o Linux para as escolas, por causa do baixo custo de manutenção e de instalação. Quanto ao custo de manutenção, a história é bem diferente da que conta o diretor de marketing da MS Brasil em uma carta à no. (procure "Microsoft reage"). Quanto à instalação, dizem "mas, ah, as distribuidoras de Linux também cobram". Cobram mesmo, mas a cópia é MUITO mais barata e você pode instalar em quantas máquinas quiser. Bem diferente das licenças de uso do Windows, que vão ficar piores com a chegada do XP. Além disso já está anunciado que o preço estimado para o micro pessoal quase que duplicou. Por que será?

Uma grande ironia é uma outra matéria (dica do CrisDias), da c|net, que fala sobre o número cada vez maior de governos, principalmente de "países em desenvolvimento", que estão adotando o software de código aberto. A matéria aponta o Brasil como o possível precursor dessa onda de regulamentação do software livre como preferencial para uso em órgãos públicos. O mesmo país que agora dá uma banda no Linux e vende o espaço em seus micros de "baixo custo", destinados às nossas escolas, à MS. Dã!

Uma lembrança muito interessante que o artigo traz é sobre as informações que programas podem enviar da sua máquina para as empresas. Imaginem toda a produção científica de uma universidade brasileira ou de um gabinete de ministro sendo bisbilhotada pela tropa do Tio Bill. Eu sei que parece com essas neuras da conspiração, mas é possível. Num mundo cada vez mais conectado, a espionagem está ficando cada vez mais fácil. Portanto, quanto maior o domínio que tivermos sobre os programas que rodam em nossas máquinas, menor será a nossa insegurança.

Mais algumas leituras:
Porque o mundo não é somente Windows
A Prática da Dependência: agora, Digital?
Nota da ANATEL explicando a escolha
Essa última, colaboração do Fabricio Vieira

12:19 | comentários


Quarta-feira, Setembro 05, 2001

Gravidade artificial e turismo espacial

Muito interessante! A Mars Society deverá lançar por volta do ano 2003 uma pequena nave com simulação de gravidade, que ficará 2 meses em órbita da Terra. A nave simulará, por rotação, uma gravidade semelhante à do planeta Marte e será tripulada por ratos, que se reproduzirão a bordo. A Missão Translife terá como objetivos o teste de uma nave com gravidade artificial; a verificação se uma gravidade como a de marte é suficiente para deter a deterioração física provocada por uma longa permanência no espaço; e o estudo do desenvolvimento de mamíferos nascidos e criados nessas condições. Daí serão tiradas também conclusões preliminares sobre a possibilidade de seres humanos viverem em um planeta como Marte. É mais um passo em direção às viagens espaciais de longa duração.

O Hotel Espacial
©MirCorp
Outra notícia interessante é a intenção da MirCorp, aquela empresa que exploraria comercialmente a Mir, de construir uma mini estação espacial comercial. Ou seja, o primeiro hotel espacial. Essa é uma iniciativa muito interessante, que deve levar a diversas outras mais ambiciosas a médio prazo. Por enquanto, os programas espaciais russo e estadunidense eram tocados principalmente com verbas destinadas a fins militares e científicos. Quando o comércio entrar na jogada, e mais empresas começarem a ver os cifrões jorrando diante das possibilidades, tenho a impressão de que será um passo muito curto para um rápido desenvolvimento de naves "baratas" para transporte civil e de estações espaciais com fins "turísticos", digamos assim. Tô dentro :-)

De brinde, enquanto navegava pelo Universe Today, encontrei um diretório de links para softwares de astronomia e correlatos. Complicado vai ser arrumar tempo para conseguir brincar com tudo de interessante que tem por lá.

14:49 | comentários


Outras ondas


©Aaron Chang/Swell
Outro dia falei aqui sobre uma tal onda gigante que poderia arrasar o litoral da América, da Flórida ao norte do Brasil. Pois bem, desde anteontem estou recebendo uma enxurrada de visitas procurando por "onda gigante", "onda gigante que vem para o brasil" e outras. Interessante. O pessoal está preocupado e depois de ler o meu texto pode ficar ainda mais :-) Interessante também é que, olhando as pesquisas, descobri um outro tipo de onda gigante, surfada por um maluco outro dia. Indo atrás dos links, fiquei impressionado com essa aí ao lado. Linda, mas assustadora. Será que esse maluco da foto realmente curtiu descer essa onda, ou só pensava em "corre, condenado, corre senão você tá no sal". Já imaginou o tamanho do caldo? Caldo nada, um tremendo de um sopão! Desculpem a ignorância no assunto, mas esse tipo de onda não aparece com freqüência aqui no Lago Paranoá, em Brasília.

Mas me satisfaça 2 curiosidades:
- Por qual das ondas gigantes você estava procurando, quando chegou aqui?
- Se você entende do assunto, me diga o que esse cara aí da foto está sentindo ao descer essa onda?
Pode usar o link "comente", aí em baixo...

01:50 | comentários (1)


Terça-feira, Setembro 04, 2001

Futebol Arte

Felipão usa Holanda para justificar retranca - "O futebol-arte é maravilhoso, gostoso, mas não se joga mais. Antigamente um jogador corria seis quilômetros, hoje corre 13 quilômetros. Não há mais espaços, sobram coberturas. O futebol espetáculo já passou, está na história", discursa.

É... que o futebol arte não é mais jogado, percebe-se. Ninguém precisa nos dizer isso. Acho que é por isso que a nossa seleção não encanta mais, não é? Pior, acho que é por isso que a nossa seleção nem vence mais. Alguém concorda? Será que é por causa desses 13 Km que os nossos cabeças de bagre correm, correm, correm e acabam não fazendo gols? Tá explicado, eles estão se cansando muito, deveriam correr menos. Que tal correr apenas uns 6 Km e usar o futebol arte para destruir os adversários, estes sim, cansados de tanto correr? Me parece tão óbvio!

Acho que o problema mesmo é que os nossos técnicos são é muito BURROS. Cada vez mais BURROS. Querem botar os nossos jogadores para jogar conforme uma outra cultura, uma outra música. Nós dançamos é samba, seus animais. E quanto mais os técnicos querem comandar os nossos jogadores, querem definir como eles devem "pensar", mais os coitados vão ficando limitados, sem criatividade. O Mário Prata deu uma aula sobre isso no Estadão. E ainda me vem o animal do Luxemburgo querendo colocar ponto eletrônico (é isso?) nos jogadores. Aí sim, ia virar joguinho eletrônico. Dois manés (os técnicos) disputando uma partida de video game. Acho que pra ser assim, o FIFA Soccer 2000 é muito melhor.

EI! Alguém manda o texto aí de baixo, sobre desobediência ao chefe, para os jogadores brasileiros. É essa a resposta: eles precisam desobedecer mais os seus chefes.

10:05 | comentários


Desobedecer é a ordem

PSIQUIATRA ACONSELHA A DESOBEDECER UM POUCO O CHEFE - "Um psiquiatra de Hong Kong tem uma recomendação simples para pessoas que se sentem muito estressadas no trabalho: faça somente 70% do que é pedido pelo chefe. "Diga a você mesmo que só pode cumprir 70% do que o seu chefe pede, porque você nunca poderá satisfazer plenamente os desejos dele", disse o médico Leo Chiu Pak-wang, conforme destacou o jornal iMail. Os patrões sempre esperam que os trabalhadores façam mais, levando às pessoas a ficar mais estressadas com a preocupação de perder o emprego na atual conjuntura. (...)"

Eita, acho que eu tenho que obedecer um pouco mais o meu chefe. Estou exagerando. Já mandei esse texto pra ele e estou esperando a resposta malcriada: "JÁ TERMINOU O SERVIÇO?". Espero que ele não perceba que a minha porcentagem de desobediência está maior que o indicado.

Agora, falando sério, não digo desobedecer, mas desestressar. Desencanar. Não adianta ficar desesperado com um prazo ou com uma ordem que você SABE que não vai conseguir cumprir. Use a criatividade, o jogo de cintura. RELAXE!

10:04 | comentários


Sábado, Setembro 01, 2001

Limpando a sociedade

Eu falei sobre sociedade, sobre tomar conta dela e sobre vigiar os "sócios espertinhos". Bem, se é pra por ordem na casa, digo, na sociedade, eu quero começar por Brasília. Não a capital do país, mas a dos brasilienses. Sugiro que comecemos pelos mais espertinhos. Que tal o estrupício, o mentecapto e sua gangue?

O primeiro foi garoto propaganda do segundo, durante a campanha para o GDF. Já foi cassado do cargo para o qual foi eleito e cuja soma de votos foi usada pelo mentecapto para dizer como ele estava "bem" acompanhado. Foi cassado, mas não podemos deixá-lo cair no esquecimento senão ele volta - cruz credo, pé-de-pato, mangalô três vezes. O segundo deu as costas para o primeiro assim que começou a ser desmascarado. Mui amigo. Está entregando Brasília a especuladores e precisa ser detido urgentemente.

02:53 | comentários


Chuvas e artistas do trânsito

As chuvas voltaram a Brasília e junto com elas uma série de acidentes de trânsito. Eu não sei como é nas outras cidades, mas aqui em Brasília, sempre que caem as primeiras chuvas depois da seca, juntamos a elas pistas rápidas, asfalto liso e muita imprudência e temos uma bela salada de engavetamentos. É impressionante a falta de senso dos motoristas daqui. Todo ano é a mesma coisa. Anteontem eu ia dirigindo para o trabalho, em baixo de uma agradável e abundante chuva, pensando que era um dia de muitos acidentes. Acabei de pensar nisso e vi um carro de bombeiros em um lugar bem inusitado, logo à frente. Logo antes do trevo que dá acesso à rua onde trabalho, dois carros se chocaram no Eixão - uma grande avenida, sem cruzamentos, semáforos ou faixas de pedestres, que atravessa toda a cidade - e um deles caiu sobre a passagem de pedestres que cruza a pista por baixo.

É preciso ser artista para conseguir causar um acidente no Eixão. Como eu disse, é uma pista sem nenhum obstáculo. A única manobra necessária é a ultrapassagem. Só falta um pouco de prudência, que inclui tirar um pouco o pé, um pouco mais de atenção e bom senso.

Isso me lembra uma coisa que um amigo me disse em 97 ou 98, na mesma época, quando voltaram as chuvas. Ele me perguntou se eu tinha observado que naquele ano não estavam acontecendo aqueles acidentes em série, tão normais nos anos anteriores e atribuiu o fato ao asfalto novo, que o GDF tinha colocado em toda a cidade. Eu, na época, atribuí muito mais à campanha intensiva que o governo vinha fazendo pela "Paz no Trânsito" e às medidas sérias que vinham sendo tomadas para fazer valer a lei. Os motoristas estavam mais cautelosos e correndo menos.

Pois é, Manel, acabaram-se as campanhas, o asfalto está se acabando novamente e também o nosso sossego.

Só pra completar, temos que nos livrar também de babaquinhas como esse filhinho de papai, que abundam nas nossas ruas. O moleque é flagrado dirigindo um carro totalmente irregular, sem habilitação, falando ao celular e ainda por cima reclama e tenta subornar o jornal. Brincadeira!

02:47 | comentários






Zamorim
Alta Rotação
Álbum Digital
Criação Digital
Zamorim Futebol de Botão
Para jogar com papel e caneta
Zé Povão




imagens aleatórias::
www.flickr.com


leia e veja::
Unforgettable (patinação)
A Borboleta
Meus papeis de parede ;-)
A melhor coisa do mundo!
Um Ovário no Cisto

na minha caixa postal::
Boot
Quem é xiita?
Ensina teu filho
Resposta Casseta!
O Mundo Para Todos!
Mais textos...

ajuda::
Sobre o site
Sobre mim

contato::
Imeiou

arquivo::
2017:

2016:

2015:

2014:

2013:

2012:

2011:

2010:

2009:
10/8/4/3/1
2008:
9/8/7/6/1
2007:
12/11/10/9/4/3/2/
2006:
11/10/8/4/2/1
2005:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2004:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2003:
11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2002:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2001:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2000:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/3+



para fora do site

feitos por mim::
Academia Alta Rotação
Bola Quadrada
Débora Amorim
Desconforme.com

brinquedinhos::
Álbum no Flickr
ET Brasil
SETI@Home P-Stats
MyBookmarks
Horizontes  (os meus)

do mundo físico::
Adriano Souza
Ana Paula
Ana Paula (fotos)
Débora Amorim
Lêda Margarida
Marcos Sebastian Alsina
Mariana
Nathália
Roberto Moriyama

diariamente ou não::
A List Apart
AlterNet: Top Stories
Burburinho
CliqueMusic
Communication Arts
Computerworld
Correio Braziliense
ei: Electronic Intifada
Em Tempo Real
ESA Science
Estadao
Info Exame
JB Online
MusicExpress
NASA Human Spaceflight
New Scientist
no mínimo
Nova-e
O Globo Online
Reporters without borders
Scientific American Brasil
SPACE.com
Spaceflight Now
The Fray
Universe Today
Visão Crítica
Web Insider

weblogs que leio (ou tento)::
Blog do Cristovam
Blog do Sena
Circulando.com
c o l a g e m
CrisDias
D i z e m. . .
Feira Moderna
Imprensa Marrom
Interludio.net
Lost Art Updates
Marcelo Cabral
Marketing Hacker
Matchbox
Mothern
no mínimo | Weblog
Os melhores do Mundo
Pensar Enlouquece...
Powazek productions
Ricardo Noblat
Terceira Base
The Chatterbox
The Daily Report
WowBlog

fotologs::
Bigempty
Daily Dose of Imagery
Chicaco Snapshot
Chromasia
Ephemera
Ficções do Interlúdio
Groundglass
Joe's NYC
New York Photoblog
Phutojunkie
Positive Negative
rion.nu
Satan's Laundromat
Shutterbug
Visual Resistance
Whateverland

brasília no flickr::
Brasília (tags)
Brasilia (tags)
Brasília (pool)
Andressa Reze
bom_de_ver
dimasmjunior
Fabio Cherman
Josa Jr
leonart
negativz
MrPixel
Quereco
The Girl Is Drinking Tea
virgu.lino

créditos e agradecimentos::
Blogger
BlogTree
Extreme Tracking
W.Bloggar



Inclui no Bloglines