Volta para o início... Quer entrar em contato comigo? Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados Senado Federal


Quarta-feira, Novembro 28, 2001

Sou mais Brasil!

Um pouco de patriotismo não faz mal a nenhuma nação, não é mesmo? Por isso mesmo estou publicando o "Sou mais Brasil!", de autoria atribuída ao Arnaldo Jabor. Bem, essa autoria... sei não, mas que o texto não tem a cara dele, não tem mesmo. Assim que a Nessa leu já disparou: "Do Jabor não é mesmo!". O Yanko, que me enviou, comentou o mesmo na mensagem dele. Enfim, é um texto muito legal, muito patriótico e que ilustra como todo cidadão brasileiro deveria pensar sobre o seu país. Obviamente sem se esquecer dos problemas que precisam ser resolvidos. Também não sei se os dados estão todos corretos, mas e daí? As nações mais desenvolvidas do mundo fazem isso, se gabam até do que não têm ;-)

17:07 | comentários


Vazou o código fonte do Windows XP!

Essa é para os geeks e programadores de plantão. Parece que vazou o código fonte do instalador do Windows XP, a nova versão do sistema operacional da MS. Está publicado aqui em primeira mão. Só não sei se eu rio ou se eu choro :-)

17:07 | comentários (1)


Mergulho


clique para ampliar
Esse aí ao lado é o meu novo papel de parede. É uma foto antiga, de quando a Helena ainda fazia natação. Na época, ela tinha 1 ano e 5 meses. Eu recomendo a natação para qualquer bebê. É uma atividade ótima, tanto para eles, quanto para nós, os pais ;-) A Helena entrou aos 6 meses de vida. No início a Nessa ia com ela e eu ficava morrendo de inveja. Depois que ela começou a trabalhar o dia inteiro, eu consegui um horário flexível no trabalho e passei a ir com a Helena - a Nessa morrendo de inveja. Sabem, é altamente saudável, uma verdadeira terapia, deixar o trabalho às 15:30, pegar a filhota e cair numa piscina. Infelizmente o emprego mudou, o horário flexível foi pro brejo e junto foi a natação da Helena. Ainda hoje sinto falta, muita falta, daqueles dias.

Estamos planejando a volta da Helena e a entrada da Heloísa na natação, mas ainda não conseguimos organizar os horários, um pouco com acomodação. É incrível como os planos para o primeiro filho são mais fáceis de se colocar em prática. Talvez pelo ritmo completamente diferente em que as coisas andam. Quando nasce o segundo, já existe toda aquela correria de escola, tarefa de casa, garantir o "pão". Sei lá, será que é só comigo?

(Antes que me perguntem, a foto foi tirada com uma maquininha subaquática descartável da Kodak. É, podem comprar que funciona mesmo. É fantástica.)

15:35 | comentários (2)


Quarta-feira, Novembro 21, 2001

Seu bobo

Outro dia a Nessa chegou em casa e a Helena, que estava assistindo à fita do Pinóquio, veio imediatamente para cima dela, dizendo indignada:

- Você sabia que eu até chorei, porque tem uma parte muito triste na história? É quando a baleia come ele. Ele fica lá dentro da barriga dela. Aí vem o pai dele, o... o...
- Gepêto.
- Isso! Eu sabia que era alguma coisa com "peto".

E agora a Heloísa também já entrou na onda das "gracinhas lingüísticas. Eu estava dando umas boas mordidas nas bochechas dela - que são ótimas de morder - quando ocorreu o seguinte "diálogo":

Eu mordendo e ela:
- Aaaaiii :-D - com um gritinho bem agudo.
Mais uma mordida e:
- Aaaaiii :-D
Mais uma e:
- Aaaaiii... POPO :-D

Pra quem não entendeu, "popo" é bobo na língua do pê ;-) Todos os pais deveriam andar com um gravadorzinho sempre preparado para flagrar esses momentos. Por que eu ainda não tenho o meu?

14:41 | comentários (4)


Auxílio sem intermediários

O Governo Federal vai aplicar uma medida que, a meu ver, deveria ser aplicada a todos os planos de "ajuda social" no Brasil. Vai substituir as cestas básicas enviadas às populações carentes atingidas pela seca no Nordeste por "vales-comida", que serão enviados diretamente pelo correio para os destinatários. Já disse isso antes e repito: a maneira mais eficiente de controlar exatamente o que se está gastando é fazendo o dinheiro ir diretamente da conta do governo para o beneficiado. Além disso, tem o efeito citado pelo artigo, de dificultar a "intermediação política dos recursos".

Essa eu aplaudo!

14:20 | comentários


Segunda-feira, Novembro 19, 2001

Cadê a chuva

Mesmo tendo frustrados os planos de ir para alguma quebrada assistir à chuva de meteoros, eu estava tranqüilo, porque daqui da janela do nosso apartamento daria pra ver direitinho. O caminho que seria percorrido pela constelação de Leão desde o horizonte estava praticamente livre. Mas... as nuvens... sempre as nuvens. Como se já não bastasse a América do Sul ser sempre boicotada pelos melhores acontecimentos astronômicos, como eclipses do sol e tempestades de meteoros, ainda vêm as nuvens. Então tá, quem sabe no ano que vem...

E, para me matar de inveja, a Fer e a Dominique narram suas experiências:

"Resolvemos pegar o carro e dirigir até uma área mais afastada, nos campos da UCDavis onde não tem nem um poste de luz, e vimos um espetáculo da natureza! Uma chuva mesmo! Luzes riscando o céu! De todos os tamanhos e intensidade. Grossas, finas, longas, curtas! Ah, não se dizia que pra cada uma dessas 'estrelas cadentes' podia-se fazer um pedido? Bom, hoje eu me esbaldei!"
(Fer)


"Olhando eles, os meteoros, caírem, cai na real da imensidão do planeta, de tantas coisas desconhecidas, de perante a tudo isso não somos nada, e como tudo visto sob este ângulo ajuda a humildade a voltar ao coração."
(Dominique)


Então tá. Parece que até o dia 21 ainda vamos ter uma freqüência de uns 20 por hora, perto da aurora, aqui no hemisfério sul. Quem sabe? Para o ano que vem, está prevista uma chuva ainda mais intensa que a deste ano. Estranho é que o mesmo artigo fala que um evento como este só daqui a 1 século. Talvez porque no ano que vem teremos uma lua cheia para ofuscar as pobres estrelas cadentes. Sei lá.

Ah sim! Como eu sabia do caminho que a constelação de Leão percorreria aqui no céu de Brasília? Usei o Adastra para montar um mapa do céu daqui, atualizado em tempo real. A nova versão se chama Stella 2000.

23:04 | comentários


Domingo, Novembro 18, 2001

Que vida você teria?

Na última edição do SpamZine veio a pergunta: "Se você pudesse escolher outra vida para si mesmo(a), como essa vida seria?" Bem, a minha resposta, há muito tempo, é seguramente:

Eu seria um índio que morasse nas terras brasileiras lá pelo ano de 1200, uns 300 anos antes do descobrimento, e viveria "pelado, pintado de verde, num eterno domingo". Qual era mesmo a tribo que habitava ali a Baía de Guanabara? ;-)

E você, que vida teria?

16:03 | comentários (2)


Sábado, Novembro 17, 2001

Educar ou se derreter

Educar um filho é uma tarefa muito complicada. Como manter a "cara de mau", depois de uma bronca, com aquela cara gaiata com que ela olha pra você? Como não se derreter, morrer de remorso e se achar um pai muito do chato, depois de proibi-la de comer a "surpresa" que você trouxe para a sobremesa, "só" porque ela fez uma malcriação porque queria comê-la antes da refeição? Como não se render àquelas lágrimas?

É por isso que os avós mimam tanto os netos. Para se livrar desses traumas de carrascos ;-)

21:45 | comentários (4)


Cadê as velhinhas?

Eu tenho a impressão que daqui a mais uns 10 ou 20 anos as únicas atrizes idosas que aparecerão nas telas serão novatas ou digitais. É que cada vez mais as atrizes estão tentando a todo custo não envelhecer. Parece que elas não admitem serem vistas pelo seu público com um rosto mais envelhecido do que aquele que as tornaram famosas, musas. O resultado é aquela plastificação que tem se tornado cada vez mais comum nos rostos dessas mulheres. Será que elas não percebem que depois da 3ª ou 4ª plástica a sua aparência passa a se tornar incômoda? Será que elas realmente preferem aquelas bocas repuxadas às rugas. Não sei, acho tão bonito o envelhecimento saudável! Por que ir contra a natureza?

21:45 | comentários


Fim de noite

Uma rara saída para um cineminha, um ótimo filme, depois um papo furado em um boteco. Fim de noite normal, gostoso, só falta ir embora e se enfiar em baixo das cobertas.

Grande engano. Um vidro traseiro arrebentado e uma bela esticada à delegacia mais próxima. O imbecil quebrou o vidro traseiro - o mais caro do carro e mais difícil de entrar - se cortou 2 vezes nos cacos das bordas, entrou por trás, fazendo a maior confusão e sujando tudo de sangue. Revirou o carro inteiro, não levou nada, nem o som e foi embora (provavelmente) se achando o máximo.

Ah, sim! O filme ao qual assistimos foi Caramuru. Ótimo, adoramos! É muito bom poder sair para o cinema e sempre ter uma boa opção de filme nacional. Espero que isso continue melhorando. Sei lá, é muito confortável assistir a um filme (bem) feito sobre nós e para nós. É diferente de assistir a um filme "comercial" estadunidense - sem querer tirar o seu valor. É engraçado porque li algumas críticas sobre o Caramuru falando sobre "clichês", "ritmo televisivo" e um monte de blá, blá, blá. Em sites de cinema, ele aparece em 2 estrelas na avaliação da "crítica especializada" e com 4 ou 5 na avaliação do público. Acho que falta à galera romper com o padrão de cinema dos EUA. Tem muita coisa boa diferente daquilo. E viva a diferença :-)

E o carro na oficina... maldito seja...

13:04 | comentários (3)


Manias

E, como tenho mania de ler blogs, não poderia de deixar de entrar na onda e listar as minhas maiores manias. Aí estão:
  1. No banho, sempre lavo a cabeça por último.
  2. Sempre que posso, onde quer que esteja, tiro os sapatos - quando estou usando ;-)
  3. Converso, de dentro do meu carro, com outros motoristas, como se eles pudessem me ouvir - nem sempre uso um tom muito amistoso.
  4. Sempre acho que o serviço ainda não terminou (lembrada pela Nessa).
  5. Quando como maçã, sempre uso uma faca de serrinha e vou cortando em fatias bem finas.
  6. Escrevo "estadunidense", mesmo quando falo "americano". Sei lá, é birra mesmo. A palavra escrita parece que tem mais peso, fica registrada ;-)
  7. Blogar e ler blogs.
Sei lá, deve haver outras, provavelmente impublicáveis...

Por falar em manias, tem também a mania de linkar novidades antigas, sempre atrasado. Se quiser novidades novas, sobre o mundo dos blogs, você pode dar uma passada no Jackie Miller, uma espécie de coluna social dos blogs. Achei a idéia muito interessante e até já encontrei boas novidades pelas suas dicas. Ela (ou ele) agora está fazendo uma pesquisa pelos blogs preferidos. Outra pedida interessante, com falas sobre a vida do povo, é o Piores Blogs. Ele fala sem papas na língua sobre o que ele não gosta em outros blogs e acaba falando bem também. O cara deve estar ouvindo poucas e boas. Se site feito para falar bem, já é bombardeado de críticas, imagina quando fala mal ;-)

13:03 | comentários


Piloto de mouse

Quero saber se a Nacy vai pagar a minha fisioterapia para recuperar o meu pulso. Culpa dessa corrida de mouse que ela indicou ;-) É meio complicado manter o cursor do mouse na trilha, principalmente com esse Mal de Parkinson na utilização do mouse. Ainda assim, consegui o incrível tempo de 15,6s na minha melhor volta. Uma dica é um "atalho" que eu encontrei na penúltima curva, que lhe permite cortar caminho direto para a linha de chegada :-) Não, o meu melhor tempo não foi conseguido com a utilização do atalho - eu juro. E você? Vamos ver o seu tempo...

11:24 | comentários (1)


Quinta-feira, Novembro 15, 2001

Tempestade de meteoros


NASA
Para quem ainda não arrumou um programa para a madrugada de domingo (e para quem já arrumou também) uma grande pedida é assistir à chuva anual de meteoros da constelação de Leão. Para este ano os astrônomos estão prevendo uma verdadeira tempestade de meteoros. O Brasil não será o melhor lugar para observar o espetáculo, mas como a intensidade vai ser muito grande, eles estão sugerindo que, onde quer que você esteja, você pare um pouquinho para observar o céu. Segundo as dicas que eu encontrei, por aqui nós poderemos assistir à chuva entre 2 e 5 da madrugada de sábado para domingo.


SPACE.COM
E, por falar em meteoros, um cientista descobriu por acaso, analisando fotos de satélites, uma cratera de umas 2 milhas de diâmetro, no Iraque. A comunidade científica está muito animada e suspeita que o suposto impacto possa ter ocorrido por volta do ano 2350 AC. Ainda é necessária uma expedição ao local, para comprovar se a cratera foi aberta realmente pelo impacto de um cometa e datá-la.

O grande barato da descoberta é que a data suposta para o impacto coincide com o desaparecimento de grandes civilizações da antigüidade. Quando se traça o cenário criado por um impacto desses, encontram-se grandes coincidências com relatos escritos naquela época. São contos sobre estrelas caindo do céu e dilúvios. "Quando Deus decidiu mandar o Dilúvio, Ele pegou duas estrelas de Khima, jogou-as na Terra, e criou o Dilúvio." Sobre o Dilúvio, um arcebispo irlandês mapeou a cronologia da Bíblia e estimou o dilúvio no ano de 2349 AC.

Interessante? Coincidência? Segundo os geólogos, a região onde foi encontrada a cratera foi um mar raso, cujo impacto de um cometa teria gerado uma grande tsunami, que causaria uma inundação inimaginável.

Enfim, talvez certas histórias contadas na Bíblia e em outros escritos da época não sejam tão fantasiosas quanto pensam os "céticos" e, muito menos, provas de visitas extraterrestres, como pensam os adeptos do "eram os deuses astronautas". Talvez sejam relatos reais, feitos por pessoas sem o conhecimento científico necessário para explicá-los. Essa pesquisa muito me interessa ;-)

18:10 | comentários (2)


Sociedade Perfeita

Acabo de descobrir que eu estou, de certo modo, participando da construção da sociedade perfeita :-) Bem, se é realmente perfeita ou não, eu não sei. O que sei é que ela está ficando cada vez melhor ;-)

Ler este artigo (dica da Rossana), me deixou com uma maior necessidade ainda de publicar algo hoje. Afinal já faz uma semana que não escrevo nada e nós, blogueiros, temos "que produzir todo dia alguma coisa pois, pode ter certeza, seus visitantes vão cobrar". Bem que eu gostaria, mas o trabalho está apertado e de casa não tem dado tempo ou não tenho tido ânimo. Inclusive, estou eu aqui, em pleno feriadão, no trabalho. Como ninguém é de ferro, terminado o trabalho... blogar ;-)

18:07 | comentários


Quinta-feira, Novembro 08, 2001

Papai Noel quase verdadeiro


Débora Amorim
Jornal de Brasília
Outro dia, a Helena me pediu para ir com as primas assistir à chegada do Papai Noel em um shopping. Eu concordei, mas fiquei me perguntando por que crianças que são netas do "Papai Noel quase verdadeiro" perderiam o seu tempo para receber um outro, provavelmente com aquelas barbas falsas horríveis. Dito e feito, voltaram todas frustradas. Ho, ho, ho :-)

Esse aí ao lado é o meu pai, o Papai Noel da família e de um bocado de crianças carentes todos os Natais. Ele tem aquelas bochechas e o nariz vermelhos e a barba branca natural, que deixa crescer a partir de setembro, todo santo ano. Mas não é só a aparência, não. Ele tem em casa uma oficina onde brinca de marceneiro, torneiro mecânico, aeromodelista e... de Noel. Lá ele tem um bom espaço reservado para a restauração de brinquedos usados. É a própria oficina do Papai Noel. Só faltam os duendes ;-)

Tudo começou no Natal de 89, quando ele se fantasiou para animar a festa da família - enorme. O sucesso foi tanto, que esse Papai Noel se tornou tradição entre as crianças. De lá pra cá ele passou a incorporar o espírito de Noel, cada vez com maior intensidade. Já foi até abordado na rua por mães constrangidas, porque seus filhos queriam porque queriam conversar com o "Papai Noel". Até na praia, certa vez passou um garotinho com a mãe, apontou para ele e disse: "mamãe, olha o Papai Noel deitado ali na areia!"

Meu paipai :-)

15:59 | comentários (4)


Quarta-feira, Novembro 07, 2001

Consciência tranqüila

Servidor de projetos bichado, por falta de um nobreak, é sinônimo de blogadas tranqüilas e sem peso na consciência, durante o expediente ;-)

12:14 | comentários


Programinhas pequenos

Hoje o Sebá me enviou a seguinte mensagem: "Zamorim, veja o site de seus sonhos :-) http://www.tinyapps.org/". É um site com indicações apenas para aplicações pequenas, que caibam em um disquete (1,44Mb), que sejam preferencialmente auto-contidas (nada de DLLs, OCXs e outros componentes) e que não precisem de um instalador (copie e use).

A explicação deles:
"Por que "tiny apps"? Eu nunca fui um grande fã de programas grandes, cheios de conflitos, mal funcionamento, crashes, etc. O Windows já tem bastante problemas para competirmos com ele - por que colocar mais lenha na fogueira? Mas, mais importante, eu simplesmente prefiro a simplicidade."

É isso aí! Agora, só preciso encontrar um site só com aplicações de linha de comando ;-) Outro dia li em algum lugar alguém criticando que "agora tem até gente exaltando as qualidades da linha de comando". Bem, certos programas realmente não precisam de uma interface gráfica, mesmo quando menus estão envolvidos. Antigamente - antes do Windows - encontrávamos pencas de aplicações em que, para selecionar uma opção de menu, bastava clicar uma tecla. Se você precisasse descer 4 níveis nas opções, bastava digitar uma seqüência de 4 teclas. Parece absurdo, mas com o tempo (pouco) você memorizava todos esses comandos e a operação dos programas ficava muito ágil, mecânica, pois você não precisava tirar a mão do teclado. Hoje, com tantos botões e popups, não existe mais mecanização, já que invariavelmente precisamos mirar um cursor de mouse, que nunca estará no mesmo lugar, em uma área da tela, que nem sempre estará na mesma posição. Ainda existem as teclas de atalho, que eu utilizo prioritariamente, mas nem todos os programas as utilizam adequadamente ou intensamente.

12:12 | comentários (1)


Por diversão

Ontem eu estava assistindo a um programa muito interessante na SporTV, sobre atividades circenses. Eles estavam explicando porque as acrobacias circenses não são consideradas esporte, apesar de terem a mesma origem de esportes como a ginástica olímpica - porque não há competição. Em determinado momento, o coordenador de um programa de iniciação de crianças nessa atividade deu uma explicação muito interessante sobre as suas motivações. Ele disse que o objetivo era incentivar a prática de atividades físicas de uma forma mais lúdica, coisa que tem se perdido no esporte. Disse que o que está faltando hoje no esporte é justamente esse espírito e deu como exemplo justamente, adivinhem, a seleção brasileira de futebol, que perdeu o encanto justamente porque os jogadores não brincam mais com a bola, não criam mais, apenas seguem (ou tentam) "esquemas".

Depois, mais tarde, eu assisti a um filme sobre baseball em que um americano vai jogar na liga japonesa. Esse jogador discute com o técnico, dizendo que ele deveria deixar os jogadores mais livres para criar, que o esporte deveria ser acima de tudo divertido, que os jogadores deveriam brincar em campo. Tudo a ver. Bem, o filme é naquele estilo "o americano é o fodão, os outros são uns bundões", mas é legalzinho. Independente disso, a gente sempre pode tirar alguma coisa interessante do texto mais trash.

Um dia os (ir)responsáveis pelo nosso futebol (e outros esportes) vão perceber que eles não vivem sem público. Um dia eles vão entender que o público quer "show". Sem show o público vai embora, sem público os patrocinadores vão embora e sem patrocinadores adeus din-din.

12:12 | comentários


Segunda-feira, Novembro 05, 2001

Voto facultativo

Projeto para consultar a sociedade sobre fim do voto obrigatório está parado - "O Brasil pode ter voto facultativo a partir de 2004. Projeto nesse sentido foi apresentado pelo deputado Geraldo Magela (PT-DF) (...) O projeto determina que a população, nas eleições de 2002, escolha, junto com os nomes para a Presidência da República, os governos estaduais, o Congresso e as Assembléias Legislativas, se querem ou não que o país tenha o voto facultativo."

Finalmente as minhas preces foram ouvidas e alguém tomou a iniciativa. Eu sempre me perguntei o porquê do PT ser contra o voto facultativo. Sempre tive a impressão de que ele seria o maior beneficiado. Bem, partidos de lado, se acabar a obrigatoriedade do voto, a qualidade de nossas eleições vai aumentar consideravelmente, porque a proporção de votos "conscientes" vai aumentar muito em relação aos votos "de má vontade". Quem já fez campanha de boca-de-urna sabe a enorme quantidade de eleitores que chegam sem a menor idéia do que fazer com o seu voto, sem saber ao menos o partido em que vai votar. Tem gente que chega ao cúmulo de escolher o seu candidato pelo primeiro santinho que lhe cair nas mãos. É triste e revoltante ver o descaso com que muitos "cidadãos" tratam um momento tão decisivo. Tenho convicção de que com o voto facultativo esse tipo de pessoa não vai cogitar sair de casa para votar. Vai ser ótimo, o país vai ter bem mais chances sem esse tipo de cidadão para atrapalhar.

Que tal começarmos com mais uma campanha junto aos nossos deputados, para pressioná-los a aprovar esse projeto? Basta você escrever para o seu deputado ou, se ele não foi eleito, para um com o qual se identifique, solicitando a aprovação do projeto. Se preferir, escreva para mais de um. Vamos lá pressione um deputado.

Direto do Zé Povão ;-)

10:46 | comentários (2)


Dani de PRATA

E a Dani conseguiu a primeira medalha para o Brasil em campeonatos mundiais de ginástica. Ficou com a prata na prova de solo. Uma outra brasileira também ficou entre as melhores no solo. Foi a Diane Santos, que conseguiu a quinta colocação. Demais :-) Veja os resultados oficiais da prova. Abaixo vão algumas fotos que eu surrupiei da Federação Internacional de Ginástica. Eu sei que é feio, mas não encontrei nenhuma dica sobre copyright no site deles e este é um momento histórico, que deve ser preservado ;-)








08:25 | comentários


Sexta-feira, Novembro 02, 2001

Daniele Hypólito

Daniele Hypólito é a 4ª do mundo!
Terra Esportes
Daniele Hypólito faz história no Mundial de ginástica - "A atleta Daniele Hypólito terminou em quarto lugar no individual geral do Campeonato Mundial de ginástica olímpica, em Ghent, na Bélgica. Esta foi a melhor colocação de uma brasileira na história dos mundiais."

A danada ainda conseguiu no solo a maior nota da competição, até aqui. Como eu fui perder essa? Quer dizer, será que passou alguma coisa? Eu sempre me amarrei em ginástica olímpica. Tem muito a ver com o meu esporte. Acompanho sempre nas Olimpíadas e já tinha vibrado bastante com a performance da Luiza Parente em 1992 (ou 88). É impressionante como essas meninas conseguem força para competir com aquelas maquininhas da Europa oridental. Quando a gente vê as condições de treinamento aqui e lá, é que essa força fica ainda mais aparente. Não sei se as coisas melhoraram muito por aqui, ou se ela está treinando lá fora (provavelmente), mas mesmo assim ela começou aqui, em condições relativamente precárias. É uma conquista e tanto. Agora, ela está classificada para disputar a final de solo. Vamos torcer por uma medalha.

Atualizando, acabo de ler isso no Estadão:
"O ucraniano Oleg Ostapenko começou a treinar a equipe brasileira depois da Olimpíada de Sydney/2000 (quando Daniele foi 20ª na geral individual), mas está com dois meses de salários atrasados pela Confederação Brasileira de Ginástica, que não está recebendo verba prometida pelo Comitê Olímpico Brasileiro."

Pelo visto as condições não melhoraram muito, mesmo. Mais um viva, com mais força, para a Daniele e a esperança de que esse povo pare de desperdiçar dinheiro com futebol e passe a investir mais em atletas de verdade. Atletas como a Dani - espero que ela não se importe de eu chamá-la assim ;-)

23:20 | comentários


Quinta-feira, Novembro 01, 2001

Nacionalismo e soberania nacional

Comissão reduz influência americana em Alcântara - "O governo brasileiro terá que renegociar com os americanos o acordo que possibilitará o lançamento de foguetes da Base de Alcântara, no Maranhão. Os deputados da Comissão de Relações Exteriores modificaram ontem o texto original do tratado para atender às pressões de deputados nacionalistas do Congresso. 'Asseguramos às novas gerações o acesso ao espaço', comemorou o deputado Waldir Pires (PT-BA)."

Em primeiro lugar, fiquei injuriado por ler o termo "deputados nacionalistas" num tom até pejorativo - pelo menos me pareceu. Como se fosse feio ou inconveniente um deputado ser nacionalista. Qualquer deputado que não se declarasse e agisse como muito nacionalista deveria ser imediatamente destituído de seu cargo. Ponto final.

"O parecer do petista tira o poder dos Estados Unidos de vetar negócios brasileiros envolvendo mísseis e armamentos com países que não façam parte dos organismos mundiais reguladores do setor. O texto de Pires também obriga aos americanos a repassar ao Brasil parte dos lucros provenientes dos lançamentos de satélites. (...) Os EUA também deverão permitir a inspeção, por técnicos da Receita Federal, de todo material que chegar à base ."

Em segundo lugar, aplausos para o congresso (ou parte dele) por limitar a folga dos EUA por aqui. É muito engraçado. Eles é que vão usar um espaço nosso e eles é que querem impor restrições. Por mais e a gente vá ganhar em tecnologia com esses lançamentos, se é que vai, esse ganho deve ser visto como mais uma parte do pagamento pelo espaço. Eles é que estão entrando em nosso território, então nada mais justo que NÓS façamos as exigências. Tô errado?

18:18 | comentários (1)


Realidade blogueira

É engraçado ficar percebendo como a "realidade" vai sendo alterada, moldada, com o passar dos tempos. Com toda a tecnologia de hoje, ainda assim, a nossa realidade vai sendo formada muito mais pela transferência de informações boca-a-boca ou, no caso, blog-a-blog e email-a-email, sem nenhum compromisso com a precisão dos fatos e com qualquer passado relativamente remoto. Não, isso não é uma crítica, apenas uma observação.

Lendo, aos trancos e barrancos, as mensagens da blogueiros, percebo uma preocupação crescente em deixar claro que os blogs não são "mais" apenas "diários de adolescentes". Essa preocupação vem das inúmeras reportagens mal feitas, sem nenhum embasamento, que teimam em frisar os blogs como diários íntimos e deixam passar batido a grande ferramenta de comunicação que de fato ele é, com o poder da dar voz aos "Joãos Ninguéns".

Bem, eu estava achando graça porque os primeiros blogs brasileiros não tinham nada de adolescentes. O meu primeiro foi o Zé Povão, um dos primeiros em português. Na época também conheci os do Bernardo e do Tom-B (na época era outro). Antes, ainda, já acompanhava o Da Cidade, de um brasileiro que estava morando pela Europa. Ou seja, os blogs brasileiros já nasceram "maduros", não "adolescentes" ;-) Aliás, os blogs já são, por si só, o amadurecimento dos primeiros sites pessoais. O blog é um modelo de publicação. Maduro ou imaturo, interessante ou desinteressante, adolescente ou coroa é o autor.

E por falar em amadurecimento, toma aí o Blogossário, pra entender melhor o papo desse povo que tem mania de escrever de tudo e de todos.

18:17 | comentários






Zamorim
Alta Rotação
Álbum Digital
Criação Digital
Zamorim Futebol de Botão
Para jogar com papel e caneta
Zé Povão




imagens aleatórias::
www.flickr.com


leia e veja::
Unforgettable (patinação)
A Borboleta
Meus papeis de parede ;-)
A melhor coisa do mundo!
Um Ovário no Cisto

na minha caixa postal::
Boot
Quem é xiita?
Ensina teu filho
Resposta Casseta!
O Mundo Para Todos!
Mais textos...

ajuda::
Sobre o site
Sobre mim

contato::
Imeiou

arquivo::
2017:

2016:

2015:

2014:

2013:

2012:

2011:

2010:

2009:
10/8/4/3/1
2008:
9/8/7/6/1
2007:
12/11/10/9/4/3/2/
2006:
11/10/8/4/2/1
2005:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2004:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2003:
11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2002:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2001:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/2/1
2000:
12/11/10/9/8/7/6/5/4/3/3+



para fora do site

feitos por mim::
Academia Alta Rotação
Bola Quadrada
Débora Amorim
Desconforme.com

brinquedinhos::
Álbum no Flickr
ET Brasil
SETI@Home P-Stats
MyBookmarks
Horizontes  (os meus)

do mundo físico::
Adriano Souza
Ana Paula
Ana Paula (fotos)
Débora Amorim
Lêda Margarida
Marcos Sebastian Alsina
Mariana
Nathália
Roberto Moriyama

diariamente ou não::
A List Apart
AlterNet: Top Stories
Burburinho
CliqueMusic
Communication Arts
Computerworld
Correio Braziliense
ei: Electronic Intifada
Em Tempo Real
ESA Science
Estadao
Info Exame
JB Online
MusicExpress
NASA Human Spaceflight
New Scientist
no mínimo
Nova-e
O Globo Online
Reporters without borders
Scientific American Brasil
SPACE.com
Spaceflight Now
The Fray
Universe Today
Visão Crítica
Web Insider

weblogs que leio (ou tento)::
Blog do Cristovam
Blog do Sena
Circulando.com
c o l a g e m
CrisDias
D i z e m. . .
Feira Moderna
Imprensa Marrom
Interludio.net
Lost Art Updates
Marcelo Cabral
Marketing Hacker
Matchbox
Mothern
no mínimo | Weblog
Os melhores do Mundo
Pensar Enlouquece...
Powazek productions
Ricardo Noblat
Terceira Base
The Chatterbox
The Daily Report
WowBlog

fotologs::
Bigempty
Daily Dose of Imagery
Chicaco Snapshot
Chromasia
Ephemera
Ficções do Interlúdio
Groundglass
Joe's NYC
New York Photoblog
Phutojunkie
Positive Negative
rion.nu
Satan's Laundromat
Shutterbug
Visual Resistance
Whateverland

brasília no flickr::
Brasília (tags)
Brasilia (tags)
Brasília (pool)
Andressa Reze
bom_de_ver
dimasmjunior
Fabio Cherman
Josa Jr
leonart
negativz
MrPixel
Quereco
The Girl Is Drinking Tea
virgu.lino

créditos e agradecimentos::
Blogger
BlogTree
Extreme Tracking
W.Bloggar



Inclui no Bloglines