Volta para o início... Quer entrar em contato comigo? Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados Senado Federal


Sexta-feira, Março 30, 2001

Papai sai e volta

A partir do momento em que os filhos nascem, podemos esquecer o que é sair no horário para o trabalho. Não é que dê muito trabalho, não. O problema é desgrudar deles :-) A mania da minha caçulinha, agora, é brincar de "papai sai e volta". Tudo começa no dia em que você sai para o trabalho, fecha a porta, aí se lembra de alguma coisa que tinha que falar para a sua esposa e abre a porta novamente. Pronto, a pequenininha acha que você está brincando com ela e se abre de rir. É óbvio que você também gosta da brincadeira - quem resiste à uma risada de criança - e repete o ato algumas dezenas de vezes.

Tudo bem, brincadeirinha inocente, qual o problema? Aí, no dia seguinte, você se lembra daquilo e, inconscientemente - e irresponsavelmente ;-) - repete a brincadeira. A partir de então, SEMPRE que você se dirige à porta, sua filhota fica lá, paradona, com aquele sorriso gostoso na boca, esperando a brincadeira começar :-) Você diz: "o papai não está brincando com você, anjinho", mas rindo feito um bobo, como você está, não adianta nada, ela continua brincando :-) Com isso, toda vez que você vai sair de casa, precisa fechar e abrir a porta algumas dezenas de vezes, antes de ir embora.

O pior nem é o mico que você paga, quando um vizinho passa e vê você abrindo e fechando a porta e dizendo bem alto: "achsssô papai... êêêhhh... dâ, dâ, dâ..." O pior é saber que vai chegar o dia em que, se você fizer qualquer brincadeira com ela em público, ela vai dizer: "pai, não me faça passar vergonha, por favor!"
Será?

14:29 | comentários