Volta para o início... Quer entrar em contato comigo? Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados Senado Federal


Quarta-feira, Maio 31, 2000

Posso dar uma viajada? Outro dia eu estava explicando para um amigo o método de se produzir gravidade artificial, em estações ou naves espaciais, através da rotação da nave ou de uma seção dela. Como naquelas estações circulares que ficam girando nos filmes de ficção científica, ou como em 2001, uma Odisséia no Espaço.

Bem, a viajada é a seguinte: Se eu estiver em um cilindro como o da Odissey, de 2001, e estiver correndo no sentido do giro, meu peso ficará maior, quanto maior a velocidade com que eu correr. Já, se eu correr no sentido contrário, o peso ficará menor.

(Quem fez as lições de física direitinho, sabe do que eu estou falando ;-)

Concluindo, se eu quiser me cansar menos, ou quiser bater o recorde mundial de "corrida espacial em seções cilíndricas de naves espaciais", deverei correr no sentido contrário ao giro da nave.

Viajei, né?! Ah, agora já está viajado :-)
Isso pode ser útil daqui a uns 10 ou 20 anos...

01:21 | comentários